Jaime partiu pro ataque

Em vídeo publicado nessa sexta-feira em suas redes sociais, o pré-candidato ao governo, empresário Jaime Nunes, partiu para o ataque.

Jaime atacou ao mesmo tempo o governador Waldez Góes, de quem é vice-governador. O seu principal adversário, o também pré-candidato Clécio Luis, de quem sempre recebeu tratamento respeitoso e digno, quando Clécio era prefeito de Macapá, e o senador Davi Alcolumbre, apenas “o cara”, que mais trouxe recursos para investimentos no estado em toda a história do Amapá.

Importante lembrar que Jaime era responsável, por decreto, por atividades importantes do governo, como a gestão administrativa  e a nomeação de cargos estratégicos nos órgãos de desenvolvimento.

Os ataques foram criticados no território livre da internet, até por não ser o perfil de Jaime. Que sempre foi uma liderança empresarial forte, com cargos importantes nas entidades patronais e que nunca teve uma posição crítica contra os governos, nem contra a gestão de Waldez Góes, ou do ex-prefeito Clécio Luis, e nem dos mandatos do senador Davi.

Diz a lenda que quando um candidato busca o caminho de “bater”, é que os números de pesquisas internas de intenção de votos, lhe são desfavoráveis e a campanha busca um caminho para crescer.

Diz a lenda.

Sites de jornalismo que cobrem política no estado repercutiram a estratégia política de Jaime Nunes.

Veja aqui

Seles Nafes – Jaime tenta “apagar” participação  no governo. https://selesnafes.com/2022/06/jaime-tenta-apagar-participacao-no-governo/

Silvio Sousa- Jaime parte o ataque direto a Clécio, Waldez e Davi https://blogdosilviosousa.com/2022/06/jaime-parte-para-o-ataque-direto-a-clecio-waldez-e-davi

E “É Desespero, dizem coordenadores de Clécio sobre ataque de Jaime”.

É desespero, dizem coordenadores de Clécio sobre ataques de Jaime

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *