Improir realiza feira de artesanato e seminário virtual em alusão ao Dia Internacional da Mulher Negra

O Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha comemorado neste domingo (25), contará com uma programação especial promovida pelo Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir). Em alusão a data, será realizada a Feira das Mulheres Pretas e o I Seminário Mulher Negra, Afroempreendedorismo e Política Pública.

A programação tem como objetivo dar visibilidade à luta das mulheres negras contra a opressão de gênero, a exploração e o racismo, além de prestar homenagem à líder quilombola Tereza de Benguela, símbolo de luta e resistência do povo negro.

 

 

De acordo com a diretora-presidente do Improir, Maria Carolina Monteiro, a intenção é homenagear as mulheres negras do município, dando visibilidade e respeitando a história de luta de cada uma. ‘’Ser mulher preta é resistir todos os dias. Em Macapá, temos várias mulheres pretas admiráveis. O Improir, em nome da Prefeitura, não poderia deixar de honrar essas guerreiras’’, frisa.

 

‘’O dia 25 de julho vem prestar homenagem a Tereza de Benguela, que foi uma mulher forte, inspiradora e líder quilombola. Ela ajudou comunidades negras e indígenas a resistirem à escravidão, imposta no século XVIII. É necessário dar visibilidade a data que marca a luta histórica das mulheres pretas, pois ainda vivemos em uma sociedade estruturalmente racista e machista’’, complementa a presidente.

 

Feira de artesanato

A Feira das Mulheres Pretas será realizada das 9h às 13h, na Praça Chico Noé, localizada no bairro do Laguinho. Serão comercializados produtos de artesanato indígenas, em crochê e garrafas, além de gengibirra e comidas típicas.

 

A feira contará com 10 artesãs cadastradas no banco de dados virtual de afroempreendedores e empreendedores afros do município, disponível no site da Prefeitura de Macapá através do link https://macapa.ap.gov.br/editais-e-publicacoes/.

 

 

Seminário virtual

O I Seminário Mulher Negra, Afroempreendedorismo e Política Pública iniciará às 16h, com transmissão ao vivo pelo YouTube da Prefeitura de Macapá. O evento virtual terá como pauta principal o Dia da Mulher Negra Latino- Americana e Caribenha, instituído em 1992, e a lei brasileira n° 12.987 de 2014, que tornou 25 de Julho o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

 

 

O debate contará com a presença da vereadora de Macapá, Adrianna Ramos (PSC), autora da lei nº 2.437 que instituiu o Programa Municipal Macapá Afroempreendedor, da professora e afroempreendedora Elenilda Gomes, e da diretora-presidente do Improir, Maria Carolina Monteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.