Iluminação natalina nos espaços públicos

 

A prefeitura de Macapá, através da Secretaria Municipal de Iluminação, finalizou a decoração natalina da capital amapaense. Prédios e outros espaços públicos receberam lâmpadas de led em formatos e cores variadas que deram à cidade um visual mais bonito, anunciando a chegada do natal.

A beleza de cada detalhe já pode ser percebida no prédio da prefeitura de Macapá na avenida Fab, Mercado Central, Bioparque, Feira da 13 de Setembro, Feira Maluca, rotatórias da Fazendinha, Hildemar Maia, Jovino Dinoá, Pedro Lazarino, Renascer.

Canteiro Central da Tancredo Neves e Orla do Santa Inês. A decoração é de encher os olhos, arcos iluminado, árvores de natal, Papai Noel, renas, presépio, contornos de led. O objetivo dos enfeites é deixar os locais, ainda mais bonitos para a população, propiciando um ambiente de esperança, com o clima e a magia do Natal.

“Tivemos um ano difícil, cheio de dor e perdas, então queremos de alguma forma proporcionar o clima de amor, paz e solidariedade entre os munícipes. Que possamos, ao olhar estes monumentos iluminados, lembrar o verdadeiro sentido do Natal e renascermos para um 2021 completamente abençoado, renovado, com esperança e próspero”, afirmou o Secretário Municipal de Iluminação Pública, Wilton Favacho.

Os cenários iluminados são sempre um convite à confraternização e muitas fotos e a prefeitura orienta a população que evite aglomerações e ao frequentar estes locais utilizem máscaras e respeitem o distanciamento social. As medidas são de prevenção ao coronavírus. A PMM tem reforçado os protocolos de segurança e a colaboração mútua da população é garantia para evitar a disseminação da COVID-19 na capital.

“Em um ano que passamos, talvez, o maior desafio dos últimos tempos, que foi a pandemia do novo coronavírus, é de extrema importância viver o Natal. Essa data, que na tradição cristã, representa o nascimento do menino Jesus, mas que neste ano, independente da crença, sem dúvida, representa também o nascimento de um novo ano que nós temos a esperança de ser um ano melhor. Neste ano não podemos promover aglomeração, mas nem por isso vamos deixar de celebrar o Natal”, declarou o secretário.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *