Ideb: Macapá melhora nota e 15 escolas atingem a meta

Macapá melhorou o desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2019, chegando a nota de 5.0, em relação à edição anterior, de 2017, quando atingiu 4.6. Os dados foram divulgados este mês.

Das 45 escolas que participaram, 39 evoluíram em seus indicadores, sendo que 15 atingiram ou ultrapassaram, 24 alcançaram a meta e apenas 4 escolas não conseguiram e duas eram iniciantes. Com este resultado, 90.7% aumentaram suas notas e apenas 9,3% não tiveram crescimento. O Ideb avalia evasão, aprovação, reprovação e a nota da Prova Brasil de cada escola.

De acordo com o subsecretário de Gestão Educacional, Belcivaldo Pimentel de Matos, não são todas as escolas que participam do Ideb, pois, para participar, elas devem possuir turmas do 5° ano com 20 alunos no mínimo por sala. “Algumas escolas não possuem esse número de alunos, principalmente as da área rural, embora muitas sejam excelentes e, com certeza, atingiriam ótimas notas”, explica.

O maior crescimento do município foram as escolas Professora Sandra Lobato Ferreira, que tinha meta de 4.7 e atingiu 5.7; Paraíso das Acácias, que atingiu 5.2, tendo alcançado – em 2017 – 4.8; Goiás, que precisava alcançar 4.9, chegou a 5.5; Escola Professora Lucia Neves Deniur alcançou 4.7, ultrapassando os 3.7 alcançado na última avaliação.

Apesar de não terem alcançado a meta, escolas como Professora Guita chegou a nota de 6.0, Maria Luiza Bello da Silva ficou com 5.9, Professora Raimunda de Lima Guedes tirou 5.3, Expedicionário Wilson Malcher também a nota 5.3 e Professora Maria Bernadete A. do Nascimento atingiu 5.2. Mais três escolas tiraram 5.1 e quatro escolas ficaram com nota 5.0.

Das duas novas escolas, a Celes Coutinho foi destaque, conquistando a nota 5.1, e agora terá uma meta alta para atingir em 2021, quando for feita a nova avaliação do Ideb. “As novas escolas farão o caminho desde a primeira avaliação, assim como a nota é alta da Celes Coutinho, elas terão que atingir uma nota bem maior nos próximos. Mas isso mostra o excelente trabalho do corpo administrativo e pedagógico da escola”, informa Belcivaldo.

Apesar de não conseguir atingir a meta, que era de 5.4, Macapá foi quem obteve a melhor nota entre os municípios do estado do Amapá. Ao longo de 10 anos, vem crescendo em sua nota. Em 2011 tirou a nota 4.0. Já em 2013 obteve 4.1. Em 2015 chegou a 4.4. Em 2017 a nota foi 4.6. E agora, em 2019, tirou a nota 5.0.
Secretaria de Comunicação de Macapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *