Hospital de Amor é cedido para reforçar no enfrentamento à Covid-19 no Amapá

 

O Instituto de Prevenção ao Câncer Hospital de Amor foi cedido ao Governo do Amapá e deve atender os casos de Coronavírus. A informação doi divulgada hoje (14) ao senador Randolfe Rodrigues (REDE).

As atividades do hospital estão suspensas desde o início de março devido a pandemia do coronavírus. O hospital deve passar por adaptações em sua estrutura e poderá ofertar algo em torno de 15 leitos.

A estrutura será exclusiva para atendimento dos profissionais que estão na linha de frente acometidos com Covid-19, como por exemplo: médicos, enfermeiros, policiais civis e militares, bombeiros e guardas municipais.

O Hospital de Amor foi inaugurado em 2019, e é resultado de um esforço da Bancada Federal junto ao Hospital de Barretos de São Paulo. O senador Randolfe explicou que além da articulação, a bancada também destinou emenda para aplicação no Hospital. “Nós destinamos R$1,5 milhão para o Hospital de Barretos, em São Paulo, sede do Instituto para ser investido no Amapá”, disse o senador.

O Instituto de Prevenção Hospital de Amor (HA), fica localizado na Rodovia Norte-Sul, no bairro Infraero 2, na Zona Norte de Macapá.

  • muinto bom essa iniciativa eu moro aqui a zona norte já tinha me lembrado desse hospital.gostei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *