Homenagem póstuma: Promotorias de Justiça do MP-AP instaladas no novo prédio da Fecomércio recebem nome do promotor Eraldo Afonso Zampa

Em cerimônia realizada nesta segunda-feira (12), o Ministério Público do Amapá (MP-AP) instituiu o nome da ALA destinada ao MP-AP, no novo prédio da Fecomércio/AP, onde vão funcionar Promotorias Criminais e de Família, Órfãos Sucessões e Incapazes, como “Complexo  – Promotor Eraldo Afonso Zampa”. A homenagem póstuma ao membro da instituição, vítima de complicações da Covid-19, foi decidida pelo Colégio de Procuradores de Justiça, durante reunião no dia 17 de maio de 2021, e transmitida, ao vivo, pelo Canal do MP-AP: https://www.youtube.com/c/canalmpap/live

A abertura da solenidade foi feita pela procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, que ressaltou as qualidades do promotor falecido em 2020. A PGJ enfatizou a competência de Eraldo Zampa nos seus quase 30 anos dedicados à instituição e agradeceu os relevantes trabalhos prestados à sociedade amapaense.

Sobre o novo espaço

O primeiro pavimento do prédio, localizado na Avenida Procópio Rola, esquina com a Rua Eliezer Levy, no centro de Macapá, recebeu adaptações para receber as Promotorias de Justiça Criminais de Macapá e de Família e é fruto de uma parceria com a Fecomércio. O local será um espaço provisório até o órgão ministerial ter uma estrutura própria para as referidas unidades. Amplo, moderno e com acessibilidade, as instalações visam proporcionar melhores condições de trabalho e de atendimento ao público. Além da localização privilegiada, ao lado da Defensoria Pública do Estado, e próximo do Fórum de Macapá. O edifício também receberá órgãos de outras instituições do Sistema de Justiça e empresas comerciais, além do Ministério Público.

A esposa do homenageado, Sândala Barros,  exaltou também as qualidades de Eraldo Zampa como marido e pai, bem como as experiências vividas em família.

“Em nome da Dra. Ivana Cei, agradeço essa honrosa homenagem. Isso acalenta nossos corações, pois convivi com o Eraldo 26 anos e a gente sabe o quanto ele amava essa instituição e a função que ele desenvolvia, na qual se dedicou de coração e de alma. Sabemos que, posteriormente, o prédio permanente terá também o nome dele. Nunca esqueceremos esse reconhecimento. E toda vez que passarmos em frente à instituição, nos confortará ver o seu legado. Nós agradecemos, e digo a vocês que Eraldo Afonso Zampa se faz presente”, frisou Sândala Barros.

O promotor Jander Vilhena, que atua na Promotoria Militar e é um dos membros que trabalhará no novo espaço, destacou as qualidades de Eraldo Zampa e relatou apoio pessoal durante um problema familiar. Por sua vez, o presidente da Comissão de Acompanhamento de Obras da instituição,  promotor de Justiça Roberto Alvares, discorreu sobre o colega homenageado e parabenizou a administração superior pela justa homenagem ao promotor.

“Esse é um momento muito importante, pois o próprio e saudoso Eraldo Zampa era um dos nossos membros que solicitaram mais espaço para realizar suas atividades e a homenagem a ele é mais que justa, pois o promotor foi um exemplo de profissional.  Na minha primeira gestão, tentei resolver essa demanda, mas não foi possível. Agora conseguimos executar essa ação para que nossos membros e servidores possam trabalhar em um local mais adequado. Aproveito para agradecer, em nome do Dr. Roberto Alvares, a nossa Comissão de Obras, que tem dado vazão aos planos de nossa gestão. Este novo espaço tem todas as condições para os promotores executarem suas atividades e estou muito feliz por isso”, finalizou Ivana Cei.

Membros e familiares, presentes ao evento, fizeram o descerramento da placa, que dá nome à ALA,  fixada ao lado de um quadro com a imagem do promotor Eraldo Zampa, pintado pelo artista plástico Josué Rodrigues Nascimento (Jorron).

Autoridades presentes

Também participaram da inauguração os procuradores de Justiça Clara Banha e Joel Chagas; o chefe de Gabinete da PGJ, promotor de Justiça João Furlan; o ouvidor do órgão ministerial, promotor de Justiça Paulo Celso Ramos; o coordenador das Promotorias Criminais, promotor de Justiça Flávio Cavalcante; e os promotores de Justiça que atuam na área criminal, Vinicius Carvalho, Ricardo Crispino e Neuza Barbosa; além dos servidores que prestam assessoria nas Promotorias alí instaladas. Também presente a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público de Roraima, Janaína Carneiro, que está em visita ao MP-AP.

Resumo histórico

Eraldo Afonso Zampa nasceu no município de Americana (SP), filho de Antônio Eraldo Zampa e de Cacilda Kuhi Zampa, cursou direito na faculdade de Varginha/MG, obtendo diploma de bacharel em direito na data de 26 de janeiro de 1989, aos 33 anos. Dois anos depois, em 1991, tornou-se promotor de Justiça no estado do Amapá, aprovado no I concurso público do estado do Amapá, em 23⁰ lugar.

Tomou posse no dia 1⁰ de novembro de 1991, assumindo a titularidade da Comarca de Calçoene (AP), na qual pertenceu até ser promovido, por antiguidade, em 27 de maio de 1992, para ocupar a titularidade da Promotoria de Justiça da Comarca de Macapá, com atribuições junto à 1⁰ Vara Criminal – 3⁰ Entrância.

Durante seu exercício como membro do Ministério Público, Eraldo Zampa destacou-se nos cargos de coordenador das Promotorias de Justiça com atribuições junto às Varas Criminais e também junto às Varas de Família, órgãos e sucessões da Comarca de Macapá.

Exerceu por cerca de 30 anos o cargo vitalício de promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Amapá, tendo como a última titularidade a 7⁰ Promotoria de Justiça de Macapá – 1⁰ Vara Criminal. Em 15 de novembro de 2020 aos 65 anos de idade, deixou amigos, família, e instituição, vítima da pandemia do Covid-19.

Fortalecimento institucional

Após a cerimônia, a Administração Superior do MP-AP fez a entrega de notebooks, da marca HP modelo Elitebook 840 G6, aos membros que atuam nas Promotorias que funcionarão no espaço inaugurado. A ação faz parte da meta da atual gestão para promover melhores condições de trabalho que resultará em fortalecimento da atuação ministerial em prol da sociedade.

A entrega dos equipamentos já ocorreu na Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, Complexo Cidadão Zona Sul – Promotor Mauro Guilherme da Silva Couto e Complexo de Promotorias de Justiça do município de Santana.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares e Addan Vieira.
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]