Hoje tem Emília Monteiro na Estação Lunar, em Fazendinha

Após três anos, a cantora Emília Monteiro retorna às origens familiar e musical, e faz show nesta quinta-feira, 21, no projeto Estação Lunar, no balneário de Fazendinha. Com carreira consolidada, Emília mora em Brasília e leva  os sons amapaenses no repertório de shows, que também estão impressos no CD Cheia de Graça, lançado com sucesso em Macapá, Brasília e outras capitais. A artista promete muito marabaixo, batuque, lundu e carimbó nesta noite de lual na praia.

Emília Monteiro

Considerada pelo Festival Cena Contemporânea, representante do Norte na capital do Brasil, Emília Monteiro canta a Amazônia, dos ritmos amapaenses ao lundu e carimbó, e ainda sons caribenhos, o que torna seu trabalho dançante e colorido. O álbum Cheia de Graça tem a presença de Aldo Sena, mestre da guitarrada, dona Onete, do percussionista quilombola amapaense Nena Silva, Zeca Baleiro, com a música Coisinha, e de Joãzinho Gomes e Val Milhomem, autores de Mão de Couro e Mal de Amor.

 

 

Emília Monteiro chega em Macapá após sucesso em Recife, quando cantou no Galo da Madrugada, e em Brasília, onde sempre está nos palcos, e animou o carnaval com o bloco Bora Coisar, com ritmos amazônicos. Na passagem por Belém, cantou com Gaby Amarantos e Nelsinho Rodrigues na temporada de verão da Lambateria.

Nesta quinta-feira, 20, a partir das 21h, a artista levanta a areia de Fazendinha na programação do Macapá Verão, com os ritmos dançantes, ao lado de Esmeraldina dos Santos, Dica Congó, Lolito do Bandolim, Banda Placa, Cley Luna, Nonato Santos e Ariel. Após Macapá, Emília segue com turnê do Cheia de Graça no Rio de Janeiro e São Paulo, patrocinada pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC), do Distrito Federal.

Mariléia Maciel

Assessora de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *