Hoje na França é o dia do Lírio-do-vale e do amor

*Helenilson Fonseca. Professor de francês e colunista de viagem do blog

O Primeiro de Maio , feriado do dia do trabalho em vários países, tem sua origem com uma manifestação de trabalhadores nos Estados Unidos em 1886 que reivindicavam a redução da jornada de trabalho de 13 horas para 8 horas, e neste dia houve uma greve geral.  Um dia de lutas e de lágrimas entre policiais e sindicatos que começou pequeno e com o tempo foi se espalhando pelo mundo como data comemorativa em varias nações.
Na França, essa festa se juntou com uma velha tradição céltica de oferta de flores as moças solteiras no inicio da primavera, na época o Primeiro de Maio era também a festa do Amor. O lirio-do-vale  (em francês Muguet) foi associado ao primeiro de Maio em 1561 quando o Rei Carlos IX, visitando a região de Grenoble, foi presenteado com essa flor e gostou tanto que mandou distribuir buquês a todas as damas da corte.

O casamento entre o lirio-do-vale (Muguet) e o Dia do Trabalho só começou depois da segunda guerra, quando os participantes ao desfilar começaram a trocar as flores vermelhas pelos “muguets”.
Esta flor é pouco conhecida no Brasil, mas já tem história por aqui. Durante muitos anos a companhia Air France entregava a mais de mil mulheres as preciosas flores na manhã do primeiro de Maio.
Estas flores saiam dois dias antes de Nantes, (cidade francesa) onde são produzidas, e elas chegavam na véspera no Brasil,  passavam pela alfândega, eram colocadas em caixinhas transparentes com fitinhas brancas  pelos funcionários da Air France , todos mobilizados, e eram distribuídas de manhã em São Paulo e no Rio de Janeiro.
Que lindo…

Hoje , se estiver viajando pela França nesse Primeiro de Maio, não esqueça de oferecer a pessoa amada essa florzinha que tem a magia de simbolizar no mesmo tempo o trabalho e o amor. Isso, só na França mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *