Governo do Estado realiza ação de testagem no Hospital da Mulher

O Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML) realizou nesta segunda-feira, 24, testagem para identificar casos de covid-19. A ação, que contou com o apoio da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), testou pais ou responsáveis de internados e, de forma preventiva, bebês que estão na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTINeo) e berçário, além de servidores que atuam nos dois setores e têm contato direto com os pacientes.

A diretora do HMML, Cristiane Barros, explicou que o hospital já vinha tomando medidas de prevenção junto à equipe multiprofissional, como a suspensão de visitas para pacientes internados nas enfermarias, diminuindo a circulação de pessoas na unidade, além disso, também foi disponibilizado álcool em gel em locais estratégicos do hospital e pia com água e sabão na entrada.

“Percebemos que devido a diminuição dos casos, algumas pessoas relaxaram nos cuidados e medidas de prevenção, essa ação é justamente para alertar a todos”, ressaltou.

Todos receberam preventivamente doses de ivermectina para usar de forma profilática. Pessoas que atestaram positivo para a covid-19 realizaram consulta no próprio local e receberam a prescrição para o protocolo de tratamento, além disso, foi requisitado que eles só retornem à unidade após a liberação médica que comprove que eles não são mais transmissores da doença.

A autônoma Darliene Mota está com a filha Joana Vitória, que nasceu prematura, internada na unidade desde o dia 27 de junho. Para ela a ação é muito importante, já que significa mais proteção para os bebês internados.

“É importante não só para os pais, mas também para os profissionais que cuidam dos nossos filhos e têm contato direto com eles. São crianças muito frágeis, como a minha filha, que é prematura e ainda está no respirador”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *