Governo do Estado mantém suspensão das aulas presenciais por mais 30 dias

O governador do Amapá, Waldez Góes, assinou na quinta-feira, 1, um novo decreto mantendo suspensas as aulas das redes pública e privada de ensino até 31 de outubro de 2020. A medida é necessária, pois o Amapá ocupa a classificação laranja, que representa risco moderado para infecção ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19).

O decreto de nº 3408 também mantém suspensa a participação de agentes públicos em eventos fora do Estado, viagens internacionais e interestaduais por interesse da administração, exceto em situações de excepcional interesse público.

A retomada das atividades presenciais nos órgãos públicos estaduais ocorre de forma gradual, em fases distintas conforme o plano de retomada, levando em consideração os relatórios epidemiológicos.

“Ainda estamos enfrentando o coronavírus e em alerta. Precisamos manter os cuidados para não agravarmos na classificação de risco e retroceder na etapas que avançamos”, disse Góes.

Além disso, o decreto estabelece o fortalecimento nas medidas de segurança, prevenção e higiene no ambiente de trabalho, como reforço na limpeza, evitar aglomerações, manter o distanciamento social de 1,5m entre os servidores e público.

Os gestores devem priorizar reuniões por videoconferências, manter afastados os servidores do grupo de risco em regime de home office. O uso de máscara permanece obrigatório.

Veja o Decreto e anexo:

https://drive.google.com/file/d/1SJelmahIcMYmW_clag17c9cF8tW8TMH2/view?usp=sharing

https://drive.google.com/file/d/1SxN2qcrC7PlcJ3knA5pn5k0v9BgElRZI/view?usp=sharing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *