Games: Pirataria e a preservação dos jogos

Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games

A pirataria dos jogos existe há vários anos e é algo que sempre foi presente no mercado dos jogos brasileiros(alguém ter um jogo original de Playstation 2 em casa era quase uma lenda urbana). No Brasil, sempre foi especialmente forte por conta do alto preço dos jogos aqui no país e muitas pessoas que tem jogos piratas não tem a capacidade monetária de comprar jogos novos e muitos também tinham trava de região, onde, se o videogame detectasse que o CD de era de outra região(jogo da ásia e um console da América do norte por exemplo) esse CD não seria lido.

Com o nascimento e popularização de mídias digitais, especialmente a Steam, que traz diversos jogos por um bom preço e adiciona recursos como cloud saving muitos não têm mais necessidade ou vontade de piratear jogos, uma frase famosa dita em 2011 por Gabe Newell, cofundador e presidente da Valve(empresa dona e criadora da Steam), “We think there is a fundamental misconception about piracy. Piracy is almost always a service problem and not a pricing problem, if a pirate offers a product anywhere in the world, 24/7, purchasable from the convenience of your personal computer, and the legal provider says the product is region-locked, will come to your country 3 months after the US release, and can only be purchased at a brick and mortar store, then the pirate’s service is more valuable.” Numa tradução mais livre, basicamente foi dito que pirataria é quase sempre um problema de serviço e não de preço, se é muito mais fácil e simples piratear um jogo ao invés de simplesmente comprá-lo legalmente então uma grande quantidade de pessoas vai optar por piratear o produto.

Desde o PS3 e o Xbox 360 jogos foram ficando mais fáceis de serem comprados de qualquer lugar do mundo. Mas outro ponto que está fazendo a pirataria ressurgir nos últimos anos foi a preservação dos jogos. Recentemente foi confirmado pela Sony que as lojas digitais para o Playstation 3 e o PS Vita serão fechados no dia 2 de Julho. Isso quer dizer que não será mais possível comprar jogos digitais para estes consoles e não será possível baixar algum jogo que você comprou mas não tenha baixado no console. Centenas de jogos estão disponíveis apenas digitalmente, isso quer dizer que com o fechamento das lojas virtuais da Sony será Impossível obtê-los legalmente, para poder obter esses jogos legalmente seria necessário comprar o PS Vita ou PS3 de alguém que esteja com o jogo baixado. Mas para quem tem estes consoles desbloqueados isso não muda nada, pois o arquivo do jogo ainda estará disponível para ser baixado em algum site obscuro da internet.

A Nintendo é uma das empresas que mais combate contra sites de jogos piratas e já fizeram com que muitos destes sites fechassem as portas. Claro que é um direito da Nintendo fazer isso, mas ela também é uma das únicas empresas cujo jogos ainda possuem trava de região e mais recentemente a empresa também foi alvo de críticas após ter feito um lançamento “temporário” de jogos. Foi lançado em setembro de 2020 o Super Mario 3D All-Stars que é uma coletânea dos títulos em 3D mais famosos do encanador, o Super Mario 64, Super Mario Sunshine e Super Mario Galaxy e apesar do sucesso estrondoso da coletânea ela foi removida dia 1º de julho de 2021 da Nintendo eShop(a loja virtual) e isso fez o preço do jogo físico estourar em sites de leilão e sites de venda na internet.

 

Por conta da oferta e da demanda, muitos produtos acabam tendo seus preços estourados para um valor muito mais alto do que o comum. Jogos raros não são necessariamente caros, jogos raros e muito procurados são.

Muitos começaram a enxergar a pirataria como uma “Biblioteca de Alexandria” dos jogos, um meio de ter salvo e guardado todos(ou pelo menos a maioria) dos jogos já lançados e com o passar do tempo conforme os componentes de computadores vão melhorando ficará mais fácil para que os emuladores nos PCs consigam reproduzir perfeitamente os jogos dos consoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *