Games: A exclusividade nos consoles

* Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games

 

 

 

 

 

 

Recentemente foi iniciada a pré-venda de “God Of War” na Steam e na primeira semana já foi um dos jogos mais bem vendidos em uma semana. Junto disso, também tem uma grande quantidade de fãs reclamando que um dos títulos mais importantes da Sony não é mais exclusivo do Playstation. Levando o fato que a Xbox já está disponibilizando diversos jogos para o PC através do Xbox Game Pass, Microsoft Store e Steam, é possível que num futuro não muito distante os consoles sejam menos exclusivos do que antes.

Com o sucesso que vários jogos fizeram ao serem relançados no PC, não é  surpresa que as grandes empresas de jogos tenham interesse em pegar parte desse mercado e transformá-lo em clientes futuros. Com Halo Master Chief collection e God Of War sendo lançados na Steam temos os dois maiores ícones das empresas agora disponíveis fora dos seus respectivos consoles. Isso criou um caos na comunidade de jogadores dos consoles pelo medo de perder a exclusividade. Jogos feitos pela Microsoft irem para o PC não é um pulo tão grande e a reação não foi muito negativa, mas muitos jogadores da Playstation ficaram inconformados de diversos títulos exclusivos bastante renomados passarem a estar disponíveis para o PC e não mais serão exclusivos dos consoles.

 

Isso também levanta a pergunta de quais jogos no futuro serão exclusivos de fato ou se um dia irão para o PC também.  Há a possibilidade dos jogos serem exclusivos por tempo limitado, isso quer dizer que, após um lançamento exclusivo dos consoles o jogo seria lançado no PC e talvez em outras plataformas. Esse tempo de exclusividade pode variar de alguns meses para alguns anos.

Kratos e Master Chief são dois dos personagens mais reconhecíveis dos games e foram por muito tempo tratados como os mascotes de seus respectivos consoles. Seus jogos foram o motivo para compra dos consoles para muitos jogadores e com a vinda deles para o PC é possível que a venda dos jogos nos consoles sofra bastante, mas a quantia de unidades vendidas será muito maior com a venda multiplataforma.

 

 


Muitos ficaram descontentes com a perda da exclusividade, mas por outro lado muitos também ficaram felizes que um grupo maior de pessoas irá desfrutar de jogos antes exclusivos e isso também dá um pouco de esperança de outros jogos exclusivos irem para o PC, especialmente alguns clássicos como Sly Cooper e Parasite Eve. A única que parece manter seus jogos completamente exclusivos de seus consoles é a Nintendo, mas pelo menos já vem lançando alguns spin-offs para os mobiles (possivelmente graças ao sucesso esmagador de Pokémon GO).
Talvez vejamos mais títulos exclusivos da Nintendo ganhando jogos mobile no futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.