Fica longe, mano!

Ministério Público eleitoral pediu o afastamento do prefeito de Santana, Robson Rocha, por coação a testemunhas. Trata-se do caso de investigação por suposto crime eleitoral para beneficiar os candidatos Marcos Reátegui e Mira Rocha.

A juíza eleitoral Eleusa Muniz atendeu parcialmente o pedido do MPE. Não afastou Robson, mas determinou, sob pena de desobediência, que ele não tenha qualquer contato, mesmo indiretos, com as testemunhas do caso.

Deixe um comentário para NONATO OLIVEIRA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *