Fica longe, mano!

Ministério Público eleitoral pediu o afastamento do prefeito de Santana, Robson Rocha, por coação a testemunhas. Trata-se do caso de investigação por suposto crime eleitoral para beneficiar os candidatos Marcos Reátegui e Mira Rocha.

A juíza eleitoral Eleusa Muniz atendeu parcialmente o pedido do MPE. Não afastou Robson, mas determinou, sob pena de desobediência, que ele não tenha qualquer contato, mesmo indiretos, com as testemunhas do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *