Mazagão Velho em festa. Fé e cultura celebram São Tiago, na cidade que atravessou o atlântico.

 

 


O ponto alto da festividade de São Tiago acontece nos dias 24 e 25 de julho, quando ocorrem as encenações das batalhas entre mouros e cristãos. No dia 24, à tarde, acontece o ritual da “Entrega dos Presentes”, e o Baile de Máscaras, à noite.

No dia 25, data dedicada ao santo, uma missa campal precede o Círio que toma as ruas de Mazagão Velho no período da manhã, com as imagens carregadas em andores por cavaleiros vestidos a caráter. Ao meio-dia se dá a passagem do “Bobo Velho” e à tarde as encenações dos demais episódios da tradição bicentenária.

Já nos dias 27 e 28, as crianças têm uma Festa de São Tiago exclusiva. Além da simplicidade e do brilho dos pequenos, funciona como preparação para que conheçam a tradição que um dia será responsabilidade deles. Um extenso calendário, que muda a rotina da vila habitualmente pacata e que seus moradores se esforçam para garantir que todo ano saia a contento.

Tradição trazida da África no século 18, a Festa de São Tiago completa 242 anos em 2019 e acontece de 16 a 28 de julho. É realizada desde o ano de 1777 em Mazagão Velho, no município de Mazagão. Mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto para contar a aparição de Tiago como um soldado anônimo que lutou bravamente ao lado do povo cristão contra os mouros e garantiu sua vitória.

É organizada e realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Amapá e prefeitura local. Este ano, o Estado investiu R$ 692.738,40, repassados através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Mazagão (MazagãoCult).

Entre os órgãos de Estado envolvidos na realização da festa estão: Gabinete Civil, Polícia Militar, secretarias de Desenvolvimento das Cidades (SDC), Cultura (Secult), Turismo (Setur), Desenvolvimento Rural (SDR) e Trabalho e Empreendedorismo (Sete).

Programação

24/07 (quarta-feira)
4h – Alvorada Festiva
16h – Entrega dos Presentes
18h30 – Confissão/Missa a cargo das famílias Penha e Queiroz
21h30 – Baile de Máscaras (Barraco de São Tiago)

25/07 (quinta-feira)
7h – Saída do Arauto convidando as figuras para o círio
8h – Missa solene em frente à Capela de São Tiago (grupo de Liturgia)
9h – Início do Círio
11h – Dança do Vominê para convidados e em residências locais
12h – Passagem do “Bobo Velho”
15h – Saída do arauto anunciando o início da batalha, com os seguintes episódios:
– Descoberta do Atalaia
– Morte do Atalaia
– Armadilha (Emboscada feita pelos cristãos)
– Captura e venda das crianças cristãs e partilha do dinheiro
– Troca do corpo do Atalaia pela bandeira moura
– Batalha entre mouros e cristãos, tomada do estandarte mouro e batalha final
– ‘Vominê’ (dança da vitória dos cristãos)
20h – Recírio
20h30 – Ladainha

26/07 (sexta-feira)
8h – Salve rainha em louvor a Santa Ana (procissão)
9h – Baile da melhor idade

27/07 (sábado)
5h – Alvorada festiva e início da festa de São Tiago das crianças
16h – Entrega dos presentes
19h – Transladação do Santo e a novena
21h – Baile de Máscaras

28/07 (domingo)
8h – Missa com o Círio das Crianças
11h – Visitas nas residências locais
12h – Passagem do Bobo Velho
16h – Batalha das Crianças
20h – Recírio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *