Escrevi em 2007. Mas tá valendo

Sobre o Repiquete

Para quem quer imparcialidade nesse blog, aviso o seguinte: isso aqui é um blog, não um site jornalístico.

Aqui coloco notícias sim, mas não exerço profissionalmente, há muito tempo, a função de jornalista, que tem por obrigação ir atrás da notícia.

Mas mantenho as minhas fontes. Quentes e poderosas.

Sou administradora e essa é a atividade que paga minhas contas.

No blog coloco minhas impressões, posições e opiniões sobre assuntos em pauta no Amapá e no Brasil.

Além de textos absolutamente pessoais, que escrevo com as mãos guiadas pelo coração.

Priorizo aqui, publicar notícias ou debater assuntos, que a imprensa deixa de fora, ou estimular a pluralidade de opiniões nos assuntos nos assuntos que estão na mídia.

E o formato deste blog nunca foi escondido do leitor que o freqüenta, e que muito me orgulha com suas visitas e comentários.

Aqui há posições sobre assuntos e liberdade para os de posições contrárias expressarem suas manifestações. Quando extrapolam nas críticas ou ofensas, exerço com direito, o papel de mediadora, excluindo comentários ou respondendo “na lata”.

É isso.

  • Se não fosse tu e tua irmã, correa, e alguns outros corajosos que não se curvam para os poderosos, agente tava mais lascados ainda, alguém tem que fazer esse trabalho, parabéns por sua iniciativa.

  • Concordo plenamente com vc. Continue assim pois diariamente entro nesse blog pra me interar do que se passa nesse Estado. Sou filha daí mas resido em Belém. Portanto, muito obrigada, sra administradora,pelas notícias muitas vezes não divulgadas pelos jornais. Ah! Amo a postagem daquelas fotos do “tempo do ronca”

  • Vc esta certíssima e como disse o Marcos,não fosse vc e outros que tb dizem na “lata” e nos põe ao par dq acontece,nós que vivemos fora da nossa querida Macapá,não saberiamos 1/3 dq se passa por ai.OBRIGADA p/todas as informações prestadas em seu blog.Sucesso e fica com Deus.

  • Creio que o que falta de sua parte é a compreensão de que a internet não reduz a nossa responsabilidade, ela a aumenta ainda mais.

  • Lene, tenho orgulho de ser um assíduo leitor de seu BLOG, assim como o da Alcineia, Luciana, Simone, Açai com jabá, Correa,papos da juventude….., pois vcs representam verdadeira liberdade de expressão com responsabilidade, sem amarras ou qualquer outra alegção que queiram afirmar os seguidores da mordaça, parabéns à vcs, por nos informarem e tambem pela responsabilidade nas mediações. Admiro demais o trabalho desenvolvido por vc e o de todos os Blogueiros do Amapá.

  • Eu é claro, também sou leitora assídua do blog Repiquete no meio do Mundo, entendo que não é por acaso que Alcilene e a Alcinéa, são hoje referência e inspiração, tanto para mim como para outros blogueiros (as) do Amapá e do Brasil. Abraços é isso ai meta ficha!!!

  • Força Alcilene! 🙂 O mais dificil de ser blogueiro no Estado é que muita gente não sabe diferenciar o que é um blog e o que é um site jornalístico.
    Pelo menos no “Açaí com Jabá” só escrevo o que eu quero. Não sou obrigado a postar o que os outros querem. Afinal de contas o blog tem dono! hehehe.
    Um abraço e boa sorte. 🙂
    Ney Pantaleão.

  • O que seria de nós amapaenses sem os blogs dentro de uma conjuntura jornalistica em que só se ouve ler e ver o que o governo quer. Jornalismo no Amapá é sensurado 24h por dia. Antes diziamos: faça amor não faça guerra! Agora é: Faça blog não faça jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.