Equipe com perfil técnico, mas com militância politica. Gostei!

Prefeito leito Clécio Luís anuncia o primeiro escalão do governo municipal

 

Faltando apenas seis dias para o prefeito eleito, Clécio Luís, tomar posse, acompanhado de seu coordenador de transição, Charles Chelala, anunciou, em coletiva realizada na tarde desta quarta-feira, 26, o primeiro escalão do governo municipal de Macapá.

Na entrevista, Clécio Luís anunciou que todos os secretários estão preparados para melhor atender as necessidades de Macapá, promover as mudanças políticas e efetuar ações em favor do desenvolvimento do Município.

Chelala frisou que “a equipe de transição encontrou diversas dificuldades no processo e que os novos gestores ainda encontrarão muitos desafios durante a gestão, como as contas e pagamentos atrasados e inadimplências”. Mas, segundo a orientação do prefeito Clécio, a equipe não poderá olhar para trás. “Lutaremos para organizar a administração pública municipal e cumprir todos os prazos de pagamentos, para que tenhamos acesso às contas do governo municipal, que estão bloqueadas”, disse Chelala.

Clécio explicou a demora na escolha dos secretários. “A transição não ocorreu, pois foi um esforço unilateral, já que não tivemos acesso às informações, como o organograma oficial da Prefeitura, por exemplo. Mesmo com tantas dificuldades, conseguimos que todos os deputados alocassem recursos para o município, através de emendas para o próximo ano”, informou.

O prefeito eleito agradeceu os companheiros que o ajudaram na transição. “Nós não chegamos aqui sozinhos, nosso maior aliado foi o povo. Nós iremos fazer o possível para isolar o problema, sempre olhando para frente, somos o novo”, salientou. Clécio Luis lembrou, ainda, que os critérios políticos e éticos foram analisados na escolha do Secretariado.

 

O Novo Escalão de Secretariado Municipal:

Secretaria Municipal de Governo: economista, Charles Chelala. Mestre em Desenvolvimento Regional pela Unifap, professor universitário, autor do livro “A magnitude do Estado na Sócio-economia Amapaense”, foi coordenador do Programa de Modernização Fazendária do Amapá, diretor-presidente da ENDESUR, foi secretário de Planejamento e, atualmente, é coordenador político do mandato do senador Randolfe Rodrigues.

 Secretaria Municipal de Finanças: Paulo Sérgio Abreu Mendes, advogado e professor universitário, analista tributário da Receita Federal do Brasil, mestre em Direito Ambiental e Políticas Públicas e editor-chefe da revista científica eletrônica do curso de Direito do CEAP.

 Secretaria municipal de Administração: Franco Aurélio Souza. Advogado, mestre em Direito do Estado, professor universitário, especialista em Direito Eleitoral, e Direito Ambiental e Urbanístico, atualmente é consultor jurídico do Comitê Central e da Comissão de Ensino Jurídico da OAB-PA.

 Controladoria Geral do Município: Nair Mota Dias. Especialista em Gestão Pública, MBA Executivo em Gestão em Políticas Públicas, coordenadora Adjunta do Projeto Extensão Universidade da Mulher, pró-reitora substituta de Administração e Planejamento e diretora do Departamento Financeiro da UNIFAP.

 Procuradoria Geral do Município: Emmanuel Dantes Soares Pereira. Advogado, assessor jurídico do gabinete da vice-presidência do Tribunal de Justiça do Amapá.

 Secretaria Municipal de Educação: Saul Peloso da Silva. Professor federal, mestrando em História pela Unicamp, também foi diretor do Departamento de Registro e Controle Acadêmico da Unifap.

 Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística: José Jucá Mont’Alverne Neto. Engenheiro Civil, engenheiro de Segurança do Trabalho, especialista em Segurança Ambiental e perito de Incêndio e Explosões. É coronel do Bombeiro Militar do Quadro de Oficiais Engenheiros do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá e instrutor da Secretaria Nacional da Defesa Civil.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico: José dos Santos Oliveira. Extensionista em Pesca da Agência de Pesca do Amapá – PESCAP e diretor rural do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR.

 Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional: Éden Paulo Souza de Almeida. Advogado, especialista em Direito Imobiliário e suplente de vereador pelo PSOL.

 Secretaria Municipal de Meio Ambiente: Luiz Fernandes Charles de Souza. Chefe de Departamento Administrativo e Financeiro, e atuou na área de orçamento e planejamento na Secretaria de Turismo do Estado.

 Secretaria Municipal de Obras: Hélder Fábio Figueiredo do Carmo. Engenheiro Civil e analista em Infraestrutura na SEINF.

 Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho: Gilvano Chaves Teixeira Morais. Especialista em Educação nos quadros do Estado e da Prefeitura de Macapá. Atualmente é oficial de polícia da SEJUSP.

 Secretaria Extraordinária de Mobilização: Claudiomar Rosa da Silva. Especializado em Gestão e Produção Cultural, presidente da Executiva Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e produtor cultural.

 Macapá Previdência: Elcimara Albuquerque Sales. Advogada. Foi chefe de Gabinete na Previdência do Estado do Amapá e assessora jurídica da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia do Amapá.

 Fundação Municipal de Cultura: Márcia Christina Pinheiro Corrêa. Jornalista, escritora e poetisa. Integra a coletânea Cronista e Contistas do Meio do Mundo, e é apresentadora dos programas de rádio, Café com Notícia e Café de Domingo.

Companhia de Trânsito: Vladimir Belmino de Almeida. Advogado, especialista em Sistema de Gestão e negociador pela Fundação Getúlio Vargas.

Instituto Municipal de Turismo: Raimundo Sérgio Moreira de Lemos. É professor de História na rede estadual de ensino, foi diretor do Colégio Amapaense, coordenador de Cultura da Prefeitura de Macapá e diretor da Agência de Fomentos do Amapá.

 Sub-prefeitura da Zona Norte: Antonio Neylo Nascimento Cordeiro. Foi diretor do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN e diretor-presidente da EMDESUR.

 Coordenadoria de Agências Distritais: Marilson Lobato de Souza. É presidente estadual do PRTB.

 

Serviço:

Elo Comunicação e Eventos

  • Acho que são muitas secretarias para uma cidade pequena como Macapá, assim como acho que 23 vereadores é muito pela mesma razão. De certo modo, acho que gente demais atrapalha a coordenação das ações. Secretarias essenciais mesmo talvez 7 ou 8. De qualquer maneira, boa sorte.

  • É uma pena ver novamente parasitas de governo infiltrado, José Oliveira do Desenvolvimento Economico é indicação do milhomem em todos os governos que passou. Se ele tivesse mais uma pasta aposto que seria do irmão João Milhomem. Contudo, a fortes indicios de que as coisas estão mudando e é muito bom vê caras novas na gestão municipal. Boa Sorte a todos, menos aos parasitas!

      • Alcilene,

        Estou torcendo para que tudo corra bem. Conheço bem algumas pessoas, como aluno e colegas de trabalho. Também acredito que somente o perfil técnico não preenche o quesitos básicos para uma boa gestão. Exemplo negativo está no histórico na Secretaria de saude do estado, por onde passaram diversos médicos que só fizeram lambanças. É um mix: aspecto politico (confiança do gestor maior:prefeito), saber como deve conduzir para uma boa gestão: ouvir a comunidade e não teorias elaboradas e conhecer tecnicamente (para isso, uma boa assessoria resolve). abraço e Feliz 2013 a todos.

        • Também concordo com você. O perfil técnico de pessoas com especialização, mestrado e doutorado é para professores e pesquisadores e não para gestores públicos. O gestor público deve ter um perfil de um líder bem articulado com seu partido politico e demais e aliados. Deve ser uma pessoa carismática e com grande capacidade de mobilização da população em favor de uma boa causa para todos. Não deve ser arrogante,prepotente e nem pensar apenas em beneficio próprio. Além de tudo isso, deve ter um passado limpo, é claro. Penso que este quadro de secretários está mais para assessores técnicos.
          FELIZ 2013, 2014, 2015…

  • Esse cidadão do turismo vou te contar heim? até o dito cujo entender o que é turismo acabou o mandato. Espera mais do Randolfe e do Clécio.

  • Gostei de ver 3 pessoas indicadas que eu conheço, trabalham, são competentes e excelentes profissionais: o Chelala que é um expert, a Márcia que é super competente, já trabalhei com ela e sei do trabalho que ela desenvolve e o Cel Mont’alverne que conheço há 18 anos desde que entrou no CBMAP e sempre foi competente e um excelente companheiro de serviço. Desejo a todos boa sorte!

  • O Clécio está de parabéns pelas escolhas que fez. Agora só nos resta esperar e torcer para ver Macapá limpa e bem cuidada porque merecemos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *