Entrega da vacina contra a Covid-19 é suspensa pelo Ministério da Saúde e Amapá não receberá o lote de 16 mil doses

O governador do Amapá Waldez Góes anunciou em suas redes sociais nesta segunda-feira, 22, que o Ministério da Saúde cancelou o lote com 16 mil doses de vacinas contra a Covid-19, que chegariam nesta terça-feira, 23.

Segundo Waldez, os atrasos do Ministério da Saúde no cronograma de entrega das vacinas e a lentidão na aprovação de novos fornecedores pela Anvisa têm gerado um sentimento de insegurança nos governos estaduais.

“Lamentamos que o Ministério da Saúde tenha dado garantia de um novo cronograma com a perspectiva que até julho teríamos 50% da nossa população vacinada. Mas nesta semana, já temos um furo nesse cronograma falhando com a entrega de 16 mil doses que chegariam nesta terça-feira, 23. Isso gera uma insegurança, uma incerteza. Nós temos vacinas suficientes para aplicação da segunda dose, nós tivemos todo esse cuidado com o nosso Plano de Imunização Estadual de não aplicar toda a vacina, esperando que governo federal enviaria novos lotes, mesmo eles falhando a segunda dose será aplicada”, explicou Waldez.

O Chefe do executivo estadual também disse que, o governo retomou o diálogo no Fórum dos governadores para cobrar do Ministério da Saúde uma atualização do plano com retorno no início de março, ele também quer ampliação dos grupos prioritários de idosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *