Em novo decreto, GEA e PMM suspendem atividades políticas de rua por 7 dias

Em entrevista coletiva na noite desta terça-feira(27), o governador do estado do Amapá Waldez Góes e o prefeito de Macapá Clécio Luís, anunciaram a suspensão por sete dias de atividades políticas, como bandeiras, reuniões e outras atividades que gerem aglomeração. A suspensão pelo mesmo período, do funcionamento de bares, boates e balneários e outras atividades não essenciais. Além dessas medidas, atividades de supermercados, mini box, e outros estabelecimentos comerciais passam a ter horários reduzidos. A decisão dos governos veio após observarem nos boletins a alta dos índices de novos casos de contaminação e alta procura nos atendimentos básicos de saúde referentes a COVID-19 no estado. A suspensão das atividades tem como finalidade o monitoramento das taxas da classificação de risco e o reforço do isolamento social voluntário. “Ainda não podemos afirmar ou dizer que estamos numa segunda onda, o que estamos fazendo agora é previnir”, disse o médico epidemiologista Anderson Walter na coletiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *