Em meio a crise hídrica nas regiões sudeste e centro-oeste , Aneel aprova reajuste da bandeira tarifária em todo território nacional.

Depois do aumento do preço do combustível e do gás de cozinha, chegou a vez da conta de energia sofrer aumento. O adicional da bandeira tarifária vermelha já vinha sendo cobrado desde maio, em patamar 1, o patamar 2, tem previsão para ser aplicada de julho a novembro deste ano. A cobrança passará de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh consumidos, e deverá ser valida para todo o território nacional.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse em pronunciamento no dia 28/06, que o Brasil atravessa a pior escassez de recursos hídricos dos últimos 90 anos, o que afeta a produção de energia das hidrelétricas, as quais correspondem a 63% da produção de energia elétrica no país.

Segundo o site do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), a energia armazenada (EAR) no subsistema sudeste/centro-oeste, regiões densamente habitadas e com grande parte das industrias instaladas no país, está abaixo de 30%, um nível considerado muito baixo para atender a demanda da região, a qual também não tem previsão para grandes chuvas. O subsistema sudeste/centro-oeste tem a maior capacidade de armazenamento energético, com capacidade para 203.567,078 MegaWatts por mês, mais que o dobro da soma dos outros três subsistemas (sul, nordeste e norte), que juntos tem capacidade para armazenar 86.664,004 MegaWatts por mês.

O ministro ainda afirmou em seu pronunciamento que não há risco de um novo apagão, como o que ocorreu em meados de 2001 na região sudeste, devido a menor dependência que o país possui do setor hidrelétrico, que passou de 85% em meados dos anos 2000, para 61% nos dias atuais.

O ministro também disse que o ministério está trabalhando em parceria com a indústria para deslocar o horário de funcionamento das indústrias do país para horários de menor demanda energética e pediu que a população faça uso responsável de água e eletricidade, evitando desperdícios.

Assita o pronunciamento do ministro (começa em 1:30) :

Saiba mais informações sobre os reservatórios e subsistemas em:

http://www.ons.org.br/paginas/energia-agora/reservatorios

Saiba o que são as bandeiras na conta de energia e seus impactos na reportagem do g1:

https://g1.globo.com/economia/noticia/2021/06/29/conta-de-luz-aneel-reajusta-valor-da-bandeira-tarifaria-vermelha-2-em-52percent.ghtml

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *