Em Fórum, Governo do Amapá alinha para que vacinação contra Covid-19 possa iniciar em fevereiro

 

O Fórum realizado entre o governo, Prefeitos Eleitos e Reeleitos em 2020 discutiu nesta terça-feira, 12, o Plano de Vacinação nos 16 municípios contra a COVID-19, também sobre o programa Criança Alfabetizada e desenvolvimento urbano. Entre os temas que ganharam destaque, foi a imunização que está prevista para fevereiro.

Segundo o governador do Amapá, Waldez Góes, o plano de vacinação está pronto, mas ele aguarda o plano de imunização nacional.

“Essa é decisiva porque é possível dizer que a vacinação começa entre o final de janeiro e no máximo no mês de fevereiro. Seria importante que na política de imunização nós tivéssemos realmente uma política nacional. Assim não acontecendo, o Amapá não vai ficar de fora e ‘a ver navios’. Providenciei recursos financeiros, nós já compramos 900 mil seringas e luvas e tenho o memorando de entendimento assinado para a reserva junto ao Butantan de 360 mil doses”, explicou o governador Waldez Góes.

O plano de Vacinação estadual terá grupos prioritários, como trabalhadores da saúde, idosos a partir de 60 anos , pessoas com comorbidades, profissionais da educação, segurança, sistema prisional e indígena .

Caso não tenha uma imunização tripartite, o governo vai investir R$ 20 milhões, porque já solicitou ao Instituto Butantan 360 mil doses de vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com a instituição.

No final do evento os gestores municipais assinaram o termo de adesão ao Colabora Amapá – que integra ações de governo para facilitar os municípios na execução das políticas públicas de educação, saúde e desenvolvimento urbano.

Na próxima terça-feira, dia 19, Waldez Góes se reunirá com os governadores dos estados brasileiros.

Coronavac tem eficácia geral de 50,38%

O Instituto Butantan anunciou nesta terça-feira, 12, que a Coronavac, vacina desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, tem eficácia geral de 50,38% contra a Covid-19. O número está acima do percentual de 50% requerido universalmente para considerar um imunizante viável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *