Eletrobras Eletronorte mantém controle das comportas da Hidrelétrica Coaracy Nunes

O gerente regional da Eletrobras Eletronorte Amapá, engenheiro eletricista Marcos da Silva Drago, em várias entrevistas concedidas à imprensa no final de semana, esclareceu que as comportas da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes (UHCN) estão abertas, na verdade, desde o dia 15 de dezembro de 2010.

“Não ocorreu nenhum problema com turbina na Hidrelétrica e nenhum outro tipo de falha que pudesse causar inundação na cidade de Ferreira Gomes. De fato o nível do rio Araguari atingiu 8,64 m no horário da maré lançante, entre 19 e 20h, no dia 7 de abril, quinta-feira, e as comportas foram abertas mais alguns centímetros para liberar a passagem da água em excesso. Este é um procedimento normal que acontece diariamente. Ontem, 10 de abril, o nível do rio Araguary, medido em Porto Platon, atingiu a altura de 9,60 m ”,  afirmou Marcos Drago.

O vertedouro da UHCN possui dez comportas, das quais oito estão abertas em torno de 3,80m cada. O nível do rio Araguari é verificado diariamente as 8 e 17h, por uma régua de mediação instalada na localidade de Porto Platon, município de Porto Grande, considerado tecnicamente o melhor ponto de referência para a esta medição. No dia 07/04/2011 a vazão nível do rio Araguary era de 2759m³/s e no dia 10 de abril, às 8h,  atingiu a vazão de 3909 m³/s.

O gerente administrativo da Regional Amapá, Francisco Carlos Miranda Leão, informou que a empresa já enviou para Ferreira Gomes alimentos destinados as 193 pessoas desabrigadas, além de sacos para armazenamento de lixo, água mineral, como também um caminhão, uma van e uma voadeira para apoiar os trabalhos da Defesa Civil. O gerente da UHCN, Jorge Pelaes, é o representante da Eletrobras Eletronorte no Comitê formado por instituições do município de Ferreira Gomes, GEA e Defesa Civil, comitê que desenvolve medidas preventivas e atendimento às famílias atingidas pela inundação na área ribeirinha de Ferreira Gomes.

A barragem da UHCN é vistoriada anualmente pelo Corpo de Bombeiros do Estado e o reservatório da Usina é inspecionado mensalmente pelo Batalhão Ambiental em conjunto com a equipe do Sistema de Gestão Ambiental da empresa, que verificam também ameaças de queimadas, caças, invasões na área de floresta, entre outros procedimentos preventivos.

COORD. DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL – PCR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *