Dorinaldo Malafaia esclarece sobre providências para conter a pandemia do novo coronavírus

O Superintendente da Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia, ontem, , em entrevista ao programa de rádio “Café com Notícia”, esclareceu alguns pontos sobre providencias, exames e tratamentos no combate ao novo coronavírus.

Sobre testes rápidos

Não tem teste rápido pra toda a população. Dorinaldo disse que se o paciente está com os sintomas clínicos, como febre, dor no corpo, tosse intensa, deve logo se isolar e iniciar o tratamento. O exame será pra confirmação. E que os testes rápidos só detectam depois de 7 dias com sintomas.

Faltam testes rápidos no mercado. O que está sendo produzido, não consegue abastecer o país.

O ideal nesse momento para que mais pessoas se recuperem 

Dorinaldo disse que nesse momento da pandemia no Amapá, o ideal é massificar a testagem rápida, EPIs- Equipamentos de Proteção Individual e respiradores para os casos mais graves. E esses produtos e equipamentos estão sendo disputados com outros estados e países. Mas já avançaram na quantidade no Amapá.

Estratégia que está sendo usada pela SVS

Dar suporte medicamentoso e orientação de isolamento à pacientes com sintomas, mesmo sem resultado confirmado.

Tratamento especial aos pacientes que tem comorbidades( diabetes, pressão alta, problemas respiratórios e cardíacos, etc)

Equipes volantes da SVS e Prefeitura  em bairros e pontes, na identificação de pacientes com sintomas e população de risco, para identificação e orientação.

Monitoramento domiciliar dos pacientes com sintomas leves, com orientações  sobre o tratamento e como proceder a higienização, separação de talheres, utensílios e a separação física das pessoas. Caso os sintomas se agravem, a recomendação é procurar uma unidade de saúde.

#FiqueemCasa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *