Divergências entre decretos do governo do Amapá e da prefeitura de Macapá faz população lotar as ruas, lotéricas e supermercados. Após confusão, governo anuncia realinhamento dos decretos

Divergências entre os decretos do governo do Amapá e da prefeitura de Macapá continuam provocando conflitos e fez a população lotar as ruas, supermercados e lotéricas nesta quinta-feira, 25, mesmo com a prorrogação do lockdown mais rígido. Após confusão, o governo fará uma live com os prefeitos de Macapá e Santana, às 16h para anunciar o alinhamento dos decretos de medidas de proteção à vida e enfrentamento ao novo coronavírus.

 

Por exemplo, no decreto estadual de nº 0990 docerias, lanchonetes, hamburguerias, fast food e similares; restaurantes de qualquer natureza; sorveterias; pizzarias e churrascarias funcionarão de forma delivery, das 8h às 01h da manhã de segunda a sexta. No decreto municipal esse segmento pode funcionar de forma delivery pode funcionar neste fim de semana.

Outro ponto divergente é no que se refere o funcionamento das Igrejas e templos religiosos. Segundo o decreto do governo de Segunda a Sexta-feira de 05 às 20 horas poderão funcionar, já no da prefeitura só poderá nos dias de quinta e sexta das 5h às 20h.

Entre as divergências também consta o horário de abertura de supermercados. Conforme o Estado, só poderiam atender até as 13h; já a prefeitura permitia até 20h.
Outra disparidade afetou os miniboxes: a prefeitura delimitou que poderiam atender clientes das 10h às 18h, enquanto que o governo autorizava das 14h às 20h, a partir de segunda-feira 29.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *