Desabamento do Porto de Santana

Economia

Qual o impacto na economia do Amapá o desabamento e fechamento do Porto de Santana? Esperando por esses estudos.

A Praticagem da Amazônia estima que perderá 1 bilhão de reais/ano, sem o funcionamento do Porto.

Quase

Por cinco minutos apenas, não houve um grande desastre ambiental.

Quando o Porto da Anglo desabou, fazia 5 minutos que a Transpetro tinha acabado de fazer transbordo de combustível.

Esses cinco minutos salvaram as águas do Amapá de um derramamento de óleo diesel, o que seria um desastre ambiental de grandes proporções. O navio da Transpetro ainda estava atracado no Porto e também bateu e balançou.

Matérias da jornalista Alcinéa Cavalcante nos principais portais de notícias do Brasil

http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios-geral,anglo-american-fecha-porto-no-amapa-apos-desabamento,148954,0.htm

Relato de um diretor da Praticagem da Amazônia, sobre a hora do desastre em Santana.

Ocorreu hoje, às 01:00 LT, uma tragédia em Macapá, no terminal que escoa a produção de ferro, e onde havia um navio atracado, o “MV Sabrina Venture“. De acordo com as informações obtidas, pode ter sido um fenômeno de maré, onde o Rio Amazonas secou rapidamente e a enchente ocorreu em duas horas; ou seja, o volume de água deslocado e a velocidade da corrente foram muito superiores ao normal e o navio que estava atracado saiu empurrando o porto e quase que afundou junto, o que não ocorreu porque a tripulação cortou os cabos, em emergência.

Na sequência, o navio ficou à deriva e foi de encontro ao porto da ESSO (barcaças) causando avarias por lá também. Os rebocadores socorreram o navio e o posicionaram no meio do canal. Foi de muita valia todo o trabalho que tivemos, com o apoio do CPAP, para que houvesse rebocadores azimutais (os únicos que são capazes de manobrar nas velocidades envolvidas) no local, pois as populações ribeirinhas foram salvas de um esmagamento, assim como o tráfego local de pequenas embarcações e empurradores.

A Praticagem da ZP 01 foi acionada e imediatamente a estrutura permanentemente disponível acionou o sobreaviso, colocando um prático à bordo em menos de 1 hora após o ocorrido (o tempo de deslocamento até este terminal leva em média 45 minutos desde a estação dos práticos).

Este terminal sozinho é responsável por mais de 85% do movimento no Porto de Santana/AP. Caso os três terminais que lá existem (os outros são a CDSA 1 e CDSA 2) fossem a área total de uma ZP e seus únicos terminais, hoje ela estaria falida por algum tempo (anos).

Linésio Barbosa Junior

Diretor

porto-1-cid_ii_13db273c2c510e67

  • Mas… e a grande quantidade de minério que desabou e esta no fundo do rio? Não pode ser considerado um desastre ambiental? Até que ponto este minério não prejudica ou prejudicará por anos e anos a natureza? Os homens e o meio ambiente? Desculpem-me a preocupação e o questionamento talvez não pertinente para esta hora em que vidas humanas foram perdidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *