Deputado Camilo Capiberibe pede providências ao Departamento Nacional de Trânsito – DNIT para que leve uma solução na BR-156

Caminhoneiros, passageiros de ônibus, viajantes em carros de passeio, quem vêm do Oiapoque ou vai de Macapá não sabem quanto tempo ficarão na estrada.

Indignados com o descaso, dezenas de caminhoneiros e transportadores que estão presos na lama, e não veem chegar uma solução, uma manifestação justa, bloquearam a BR 156, adiante da comunidade do Carnot, no município de Calçoene. Ninguém – a não ser ambulâncias – está passando. Reivindicam, com direito, que possam viajar em segurança com a manutenção da estrada e a retomada das obras de pavimentação.

O prejuízo é alto – com atraso, quebras, alimentação, perda de cargas e dias de serviço.

O Deputado que já havia pedido uma explicação e providências ao DNIT, há duas semanas, continua empenhado e cobrando uma solução.

Com a Bancada, havia emenda de mais de R$ 44 milhões para pavimentar a BR 156. Havia dinheiro disponível, ainda em 2019, que não foi aplicado.

A informação chega por mensagem de aplicativo, por pessoas que foram autorizadas a passar do bloqueio e chegar à aldeia Arumã, onde tem sinal de celular e Internet, fugindo do isolamento completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *