Delícias da Europa

A Europa é um lugar onde se come muito bem. Isso nao é novidade.

Portugal com seu bacalhau, vinho do porto, pastéis de todo jeito e o inigualável pastel de Belém. E em Portugal tem mais um detalhe: A comida não é cara.

Bacalhau em Lisboa. 7 euros

Sobre a comida da Itália, qualquer coisa que se diga, é pouco. As massas maravilhosas e leves, em porções educadas, que não deixam peso. E os embutidos? Não há salame igual no mundo. O presunto de Parma, tão caro no Brasil, claro, é fartura lá.

Os gelattos (sorvetes), dizem ser os melhores do mundo. E tem uma apresentação linda. Passou na frente da sorveteria, as vitrines de sorvetes são tão bem arrumadas que torna-se irresistível não parar e pegar um.

Em Roma, o bairro do Trasteveri é imperdível. Antigo e lindo. Onde se come a autentica comida romana.

Em Florença, capital da Toscana, há a famosa bisteca Fiorentina. Um corte de carne especial, assado e maravilhoso.

Aliás, na Europa a apresentação das comidas, vitrines de restaurantes e arrumação impecável das mesas, te fisgam logo pelos olhos.

Espetos de frutos do mar na vitrine

Dos vinhos italianos, franceses e portugueses, nem vou falar. Maravilhosos, todos. Vai do gosto pessoal de cada um.

Massas, carnes, pães, pato, muito pato, frutos do mar na gastronomia mediterrânea, tudo virar obra de arte para saborear.

Paris merece um post a parte. Tudo é bom. As comidas de ruas: crepes, sanduiches de todos os jeitos que o parisiense compra em qualquer lugar e senta pra comer na praça.

Crepe de Nutella. Nunca vi comerem tanta nutella

 

Ahhhh…. os cafés! Em toda esquina tem um. Que servem dos deliciosos baguetes, croissants e geléias no café da manhã, aos mais sofisticados pratos no almoço, hapy hour e jantar. Eu me acabava nos patos (canard) feitos de várias formas e no Foie Gras, que adoro.

Eu no icônico Café de Flore, que era point de Sartre e Simone de Beauvoir

Paris não pára. Paris é uma festa. E como o parisiense curte os cafés! O dia inteiro tem gente sentada nas mesas nas calçadas. Calçadas deliciosamente organizadas.

O pão de Paris é impossível dar nota. É muuuuito bom. Por isso os sanduiches são tão deliciosos. Pode colocar qualquer coisa dentro daqueles pães.

E os doces? Os famosos macarrons, cremes brulê, petit gateau, fazem a estada em Paris mais doce, com certeza.

Macarrons

Seja no carrinho de rua, no banco da praça, na mesa de um café, no restaurante ou na padaria, e a qualquer hora, é um prazer único comer em Paris.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *