Davi anuncia sessão de debates com o presidente do TSE e análise da PEC sobre eleições na próxima semana

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), afirmou que será realizada na segunda-feira (22), às 14 horas, uma sessão de debates remota sobre o adiamento das eleições municipais deste ano com a participação do presidente do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso. Em entrevista concedida hoje (18), o presidente do Senado disse ainda que consultará os líderes partidários da Casa para que a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que permitirá a mudança das datas do pleito, seja realizada também na próxima semana.

“Na terça-feira pautaremos o substitutivo do senador Weverton para votação em primeiro e segundo turno, para garantir, principalmente, os prazos já estabelecidos, segurança jurídica e o fortalecimento da democracia com as eleições ainda neste ano”, disse Davi Alcolumbre.

Sobre as novas datas, Davi acredita que o primeiro turno se realizará em 15 de novembro, 42 dias após a data original, em 4 de outubro. Além do dia da votação, a PEC prevê ainda o adiamento dos prazos do calendário eleitoral necessários às candidaturas.

Davi esclareceu que as medidas estão sendo tomadas pelo Legislativo e Judiciário em decorrência da pandemia da covid-19 no país. Na última terça-feira (16), ele participou de reunião virtual com o TSE e especialistas da área da saúde, que recomendaram a alteração da data. Relator da PEC, o senador Weverton Rocha (PDT-MA), reuniu-se na tarde de hoje com Barroso e técnicos do TSE para a elaboração da redação do texto da proposta.

“A ciência, os médicos infectologistas e os grandes profissionais que estudam essa doença no Brasil e no mundo sugeriram ao colégio de líderes o adiamento das eleições”, destacou Davi.

A sessão de debates com a presença do ministro Barroso será transmitida ao vivo pela TV Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *