Da coluna From, de Luis Mélo, no Diário do Amapá

Repulsa
Já circula nos bastidores da AL lista pra colher assinaturas de deputados pela queda da lei que permite eleição de promotores para assumir Procuradoria Geral do MP?Estadual.
Seria em represália à Ivana Cei, por investigações sobre malfeitos de parlamentares.

 

  • Alguém consegue lembrar de algum grande projeto da Assembleia Legislativa do Amapá nos últimos 8 (oito) anos? Falo em projetos que tenham mudado consideravelmente a vida dos eleitores, pois os únicos projetos que vi foram para aumentar cada vez mais o orçamento da casa. E agora querem mudar a Constituição Estadual, mais precisamente o art. 146, para evitar que promotores de justiça concorram ao cargo de Procurador-Geral. Oh corja! Que vergonha desses políticos chinfrins, medíocres!

  • A matéria de que trata esse suposto projeto de lei ou a intenção de criá-lo é de competência exclusiva do Ministério Público. Quer dizer, se houver iniciativa da AL, referido projeto será inconstitucional.

  • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! Tá passando da hora de botar esse povo ae pra pastar! Graças à Deus que esse povo não se cria mais que isso.

  • Permaneci na Promotoria hoje até as 20 h, concluindo a leitura de um volumoso inquérito policial. Um então deputado estadual ficava com a maior parte dos salários dos seus assessores; ficou também com a restituição do imposto de renda de outros; contratou um casal recebendo pela Assembleia Legislativa, para trabalhar em um motel de sua propriedade no Marco Zero; Há nos autos antecedentes de espancamento de mulher, cheques sem provisão, ameaças, etc. Acredito que nas eleições de 2014 a Assembleia Legislativa dará também um salto de qualidade. Oremos sem cessar…

    • Dr. Adauto, o Amapá precisa urgente de uma mudança significativa na AL,o desacso e o desmando com o dinheio público atingiu proporções nunca vista. Temos que dar um basta em tudo isso. Vem ai a dscursão do orçamento e os nobres deputados precisam calçar as sandálias da humildade e olhar de verdade para o povo, é necessário abrir mão de muitas mordomias em prol da população que vive tão sofrida com esse quadro que ora se desenha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *