Covid 19: Amapá registra aumento na ocupação de leitos e medidas de flexibilização podem ser revistas

 

O Amapá registrou na 33ª semana epidemiológica (9 a 15 de agosto) um aumento de internações de paciente infectados pelo novo coronavírus nos Centros Covid, conforme relatório produzido pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp) – dispositivo do Governo do Estado para gerenciar a crise sanitária.

Conforme o estudo, o crescimento de internações comparado com a 32ª semana (2 a 8 de agosto) foi de + 7,72% leitos UTIs, e + 10,65% leitos clínicos, mantendo-se dentro do percentual de variação de 15% considerado como estabilidade de tendência.

O governador do Estado, Waldez Góes, apresentou o relatório epidemiológico para a imprensa nesta segunda-feira, 17, no Palácio do Setentrião. Na ocasião, o chefe do Executivo destacou a possibilidade do retrocesso nas medidas já adotadas de flexibilização.

“Nós já nos aproximamos da classificação mais segura, que é a ‘muito baixo’, mas agora fechamos um novo relatório com uma situação alarmante sobre o aumento das internações. E isto influencia os riscos no estado e municípios”, explicou.

Ocupação de leitos

Na 33ª semana da pandemia no Amapá, as internações de média e alta complexidade, ofertada pelo Estado, representam 33,54% no clínico adulto, 30,93% no UTI adulto, 28,57% no clínico pediátrico e 0% UTI pediátrico.

Já na 32ª semana, as internações eram de 22,89% no clínico adulto, 23,21% na UTI adulto, 35,56% no clínico pediátrico e 0% no UTI pediátrico.

Em relação a rede particular, a atual ocupação é de 28,57% nos leitos clínico adulto, 30,93% na UTI adulto, 42,86% no clínico pediátrico e 0% na UTI pediátrico. Enquanto na 32ª semana os números eram os seguintes: 38,89% nos leitos clínico adulto, 23,21% na UTI adulto, 35,56% no clínico pediátrico e 0% na UTI pediátrico.

Os dados apontam que a população está relaxando com as medidas de higiene, proteção e distanciamento social. Outro fator aponta que a procura por atendimento só ocorre quando o quadro já está agravado.

Relatório epidemiológico

Segundo o estudo mais atualizado em relação ao coronavírus, o Amapá apresenta os seguintes dados:

• 70,19% de casos recuperados, ou seja, 27.676 pacientes
• 28,26% de casos ativos; todos sendo acompanhados por equipes de Saúde
• 1,55% de taxa de letalidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *