Coluna Café com Notícia

Por Ana Girlene e colaboração de Graziela Miranda, Abinoan Santiago e Jamile Moreira

Concurso em FH

A Prefeitura de Ferreira Gomes lançou edital de pregão presencial (008/2013-PMFG/AP) visando a contratação de empresa especializada em realização de Concurso Público, para preenchimento de vagas do quadro funcional dos cargos efetivos da Prefeitura. Interessados em participar do certame questionam a dificuldade de acesso ao edital. O pregão será no próximo dia 27 e não tem qualquer link para download no site da instituição.

 

Recondução da Ivana

A Associação do Ministério Público do Estado do Amapá – AMPAP, órgão que representa a classe dos procuradores e promotores de Justiça elogiou a escolha do governador, considerando que o gesto demonstra “o espírito democrático que sempre norteou sua vida pública”, diz a nota lançada no último dia 22.

 

Falando em gesto

O procurador-geral do Tribunal de Contas do Estado, Reginaldo Parnow Ennes, aguarda ansioso o cumprimento da promessa feita recentemente pelo Executivo quanto a realização do concurso público para a Defensoria. Ennes já emitiu uma recomendação, nesse sentido, ano passado e alerta que certame é complexo e demorado, logo, o edital deve ser lançado já. Do contrário, não haverá tempo para empossar os aprovados. “Não esqueçamos que estamos em ano pré-eleitoral”, adverte!

ennes

 

Confissão criminosa

Para vários juristas consultados pela coluna, o desembargador Constantino Brahuna fez uma clara confissão de crime durante sessão do Tjap no último dia 20. Além da condescendência criminosa, o magistrado prevaricou ao não dar voz de prisão diante da suposta tentativa de suborno do deputado Moisés Souza e seu irmão (não revelado), pois trata-se de corrupção ativa, Art. 333 do Código Penal. Ele deveria ter comunicado o fato imediatamente à polícia para as devidas providências

 

Na berlinda

O deputado estadual Manoel Brasil está na berlinda por conta da infidelidade partidária, no pleito de 2010. A procuradora regional eleitoral, Damaris Baggio, durante sessão do TRE/AP, na última semana, pediu celeridade no processo do parlamentar. Agora o “Bate Coração”- slogan de campanha – está quase enfartando.

 

“Carimbaço”

Soltou o maço… “carimbaço”. Desse jeito, com trocadilho, que o deputado federal Givaldo Carimbão (PSB/AL) classificou como os parlamentares receberam, em Brasília, a nova política sobre drogas, no País. Em visita ao Amapá durante a semana, disse ainda que o Estado deve avançar bastante quanto a estrutura para tratar os dependentes químicos.

 

Moroso

 

É bem no estilo Martinho da Vila, na canção “É devagar, devagarinho”, que o GEA trata o Plano de Carreira dos docentes da Ueap. No dizer do presidente do sindicato da categoria, Luciano Araújo, o governo é “moroso” quanto ao envio do plano à Assembleia Legislativa. Esse é o principal motivo para a greve dos docentes da Ueap, que já tem data e hora marcada. Na segunda feira, 25, a partir das 7h30.

 

Justiça Itinerante no Bailique

O Fórum da comarca de Macapá realiza até o dia 2 de março a 103ª edição do projeto “Justiça Itinerante”. A ação está sendo realizada desde o dia 23 em diversas localidades do arquipélago do Bailique. O objetivo é dar prosseguimento a diversos processos judiciais e realizar ações, como emissão de carteira de identidade entre outros serviços.

 

 

Alunos prejudicados

Terminou nessa sexta (22) o prazo para os classificados na Unifap efetuarem suas matrículas, mas muitos alegaram que as escolas não estavam fornecendo a declaração escolar devido o ano letivo de 2012 ainda não ter terminado. Rosinete Rodrigues, coordenadora de Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação, assegura que orientou as escolas a fornecerem esse documento. “Espero também que a Unifap se sensibilize com os alunos que não tiveram como entregar as suas respectivas declarações”, apela.

Expresso

 

Processo 0025190-21.2011.8.03.0001 no Tribunal de Justiça do Amapá promete dar muita dor de cabeça para Telma e Vinícios Gurgel. Tem a ver com o processo eleitoral.

 

É crime “oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício (Art.333 do CPB)

 

De acordo com o coordenador de assistência hospital da SESA, Edilson Pereira, 80% dos atendimentos realizados no Hospital de Emergência resultam da violência no Amapá.

 

MS divulga que hoje, 49% das pessoas, envolvidas em acidentes de trânsito, que dão entrada nos hospitais públicos, estão na faixa etária de 20 e 39 anos. Causa principal: consumo de álcool.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *