Carnaval 2020: serviços melhoram entorno da área onde ocorrerão os desfiles das escolas de samba e aquecem economia

A Prefeitura de Macapá iniciou no último sábado, 25, os serviços de limpeza, iluminação e recapeamento na área onde acontecerá o desfile das escolas de samba, localizada atrás do sambódromo e entorno do Estádio Zerão. Em 2020, o prefeito de Macapá, Clécio Luís e o senador Davi Alcolumbre conseguiram resgatar a festa.

 

Os serviços de infraestrutura melhorarão toda área de entorno e bairros adjacentes como o Zerão, Universidade e Pedrinhas. Entre essas ações estão a limpeza, iluminação do entorno, que já foi iniciada, desvio de trânsito, segurança durante todo o evento e dispersão coordenada. Ao todo, dez escolas de samba estão habilitadas para o certame (chamada pública).

 

O fomento para a realização do evento é resultante da articulação do senador Davi Alcolumbre e por intermédio de patrocínio e do Tesouro municipal. O valor destinado é de R$ 1,5 milhão. O evento contará também com recurso de emenda parlamentar do deputado federal Vinícius Gurgel, no valor de R$ 1 milhão.

 

Segundo o secretário de Gabinete da prefeitura e coordenador do evento, Sérgio Lemos, os serviços melhoram toda a infraestrutura dos bairros do entorno, além de aquecer e movimentar a economia criativa. “Estruturaremos a área para aprimorar o trabalho conjunto e fazer a melhor festa de resgate do desfile. Também programaremos as ações integradas para garantir que tudo siga conforme o planejamento realizado”.

 

“O desfile das escolas de samba é uma manifestação cultural que apresenta importante conteúdo social, político e econômico, aumenta a ocupação nas redes hoteleiras, aumenta também o número de clientes em restaurantes, bares, lanchonetes, de serviços de taxistas, mototaxistas, cabeleireiros, costureiras, manicures, artesãos, o que fomenta a cadeia econômica e gera emprego e renda à população”, explicou.

 

Há quatro anos, o tradicional Carnaval do Amapá, que ocorria no sambódromo, juntamente com os desfiles de blocos, não é realizado na cidade. As dificuldades financeiras alegadas pelo Governo do Estado e a interdição do espaço inviabilizaram a festa.

 

Participaram da ação no sábado, 25, secretários de Manutenção Urbanística, Claudiomar Rosa e de Obras, David Covre; o diretor-presidente do Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Maykom Magalhães; o diretor-presidente do Instituto Municipal de Turismo, Alex Pereira e representantes da Secretaria de Iluminação Pública.

 

Lilian Monteiro

Assessora de comunicação/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *