• Coisas que só acontecem no Amapá. Me parece que esse instituto começou com o apoio de toda a sociedade amapaense e todas as autoridades também. Era um mutirão danado para sua construção. Tudo para tratar as pessoas acometidas de câncer.
    De repente, o IJOMA sumiu da mídia, e apareceu outro organismo para tratar o câncer.
    Só víamos manifestações de políticos, autoridades das mais diversas. Tapete vermelho para diretores, investidores e profissionais de fora do estado.
    Emendas parlamentares e outras cositas mais.
    Assim é o Amapá. Infelizmente, padre.
    Não pense que vai melhorar, por que não vai. Conheço meu gado.
    Se depender deste povo, essa instituição vai fechar. E vão mandar para Barretos os cancerosos locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *