Camilo Capiberibe notifica AL e governo do Estado e pede cumprimento da Lei Capiberibe

Por Eduardo Neves

O deputado estadual Camilo Capiberibe (PSB/AP) notificou nesta quinta-feira, 24, o governador do Estado do Amapá Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP/AP) e pediu o cumprimento imediato da Lei Capiberibe que exige a divulgação de todos os gastos públicos na internet.

A mesma notificação foi protocolada na mesa diretora da Assembléia Legislativa do Amapá na última segunda-feira, 21, notificando o presidente da AL deputado Jorge Amanajás (PSDB), que disponibilize na internet todos as receitas e o detalhamento das despesas realizadas pela Assembleia Legislativa, além dos gastos das verbas de gabinete de todos os 24 parlamentares.

De acordo com o deputado socialista, os dois órgãos foram notificados por não estarem cumprindo o que determina a Lei Capiberibe. “Queremos que qualquer cidadão amapaense através da internet acompanhe cada centavo que é gasto por estes poderes”, esclarece o socialista.

A Lei Capiberibe de autoria do ex-senador João Capiberibe (PSB-AP) entrou em vigor no último dia 27 de maio e exige que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, disponibilizem em tempo real todos os gastos públicos.

Histórico – O Governo do Amapá foi o primeiro ente público que divulgou todas as contas na Internet, em tempo real, por decisão política do governador João Capiberibe, há oito anos (www.amapa.gov.br/gestao). Em 2003, no Senado Federal, Capiberibe apresentou a proposta que foi aprovada por unanimidade pelos Senadores, em 2009.

  • É uma figura esse candidato Camilo. Por que ele não pede também para o presidente da Assembléia cumprir a lei contra o nepotismo e exonerar o primo dele Luciano Del Castillo que é chefe de gabinete. Transparência e moralidade é para ele também.
    Será que dá para ele se auto notificar?

    • QUERIDA LUCIA´QUEREMOS VER AS NOTAS FISCAIS DO DEP CAMILO, AS DIARIAS DOS ULTIMOS ANOS, O PREFEITO COLECIONOU TUDO E JA ESTA DISTRIBUINDO COPIAS AUNTENTICADAS. PRO CANDIDATO PEDRO PAULO ,SÃO DOCUMENTOS PUBLICOS E COMPROVANTES BANCARIOS O QUE SE SABE É QUE O PP JÁ DENUNCIOU NA PF E MPF.

      • O Camilo é deputado e tem direito a receber diárias sempre que viajar em trabalho de seu mandato. Pois sim.

        • Por isto que o teu blog é bombado,pq vc é daquelas que mata a cobra e mostra o pau….kkkkk
          Ô povo! não aprendem a falar com conhecimento de causa.Haja abobrinhas…he he

      • Por isto que dizem que a “paixão é cega” e faz a gente fazer ou dizer besteirol,né não mano?Se inteire da REAL p/depois abrir o bico.

      • Junior, vc é desimformado mesmo. Se o Dep. Camilo cometer algum deslize, os orgãos que devem ser informados é o MPE, Polícia Civil do Estado ou TCE. PF e MPF só se ele cometer deslizes no âmbito da área federal.

  • Falta o Camilo Notificar o Jorge para ele publicar os assessores dele. Isso ele não faz. É muita hipocrisia que se vê nesse período eleitoral. E depois, se o Jorge não publicar, o que ele vai fazer ? nada, espernear. A punição para isso é deixar de receber as transferências voluntárias (convênios). E a improbidade que isso representa ? Ah, isso é balela para esse povo.

  • 11
    Comentários
    Para Marina, resultado Ibope/CNI é um bom começo
    Postado em 24/06/2010 por Equipe Marina | Categoria(s): Geral

    Pouco antes de embarcar para Belo Horizonte hoje pela manhã, Marina Silva conversou com a rádio Jovem Pan e comentou os recentes números de intenção de votos da pesquisa Ibope/CNI

    “Iniciar a campanha com uma plataforma de lançamento de 9%, sendo a última a ter entrado na disputa, eu considero muito positivo, mas ainda é o começo. Considero um bom começo”, comentou a candidata. Lembrou ainda da possibilidade, a partir de agora, de maior exposição na mídia e em encontros como o que fará hoje com apoiadores na capital mineira.

    Segundo João Capobianco, coordenador da campanha de Marina, “dois motivos justificam a avaliação positiva do desempenho obtido por Marina [9% das intenções de voto]: primeiro, o eleitor afasta cada vez mais do cenário político a ideia de uma eleição plebiscitária; segundo, a candidatura do PV entra no período de campanha eleitoral com uma base consistente de apoio e em condições de crescer”.

    Ainda na entrevista, o uso da internet como ferramenta de disseminação das propostas de Marina e mobilização social foi um dos pontos abordados. “Já contamos com uma forte participação da sociedade que, através da internet, tem repercutido as propostas, tem dado conhecimento da candidatura e isso tem se constituído em uma força muito importante da campanha, tanto para a divulgação, quanto para a possibilidade daquilo que eu chamo de ‘muitas pessoas contribuindo com pouco em lugar de poucos contribuindo com muito’”, acrescentou antes da viagem para Minas Gerais
    http://www.minhamarina.org.br/blog/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *