Cada um no seu quadrado

Governo governa. Oposição faz oposição. Movimento sindical faz movimento sindical.  Simples assim. Cada um no seu quadrado.

Minha formação política não me permite ser contra movimentos de trabalhadores. Mas acho que o momento por que passa o estado, requer que todas as atitudes e decisões sejam serenas e bem debatidas e discutidas. Tanto pelo governo, quanto pelos movimentos.

Em assembléia geral, realizada na sexta-feira, os professores decidiram deflagrar greve. No movimento dos professores, que está em processo de eleição sindical, os que mais defendem a greve e inflamam contra o aumento de 3%, em sua maioria são os da base da “harmonia”, ou seja, do governo anterior. Eu disse a maioria e NÃO TODOS, beleza?

Então, os que mais devem defender a posição e o aumento dado pelo governo do estado são os sindicalistas que são da base do governo, ligados ao PSB, PT e PC do B. Com competência, por que não é fácil defender patrão sem parecer “peleguismo”.

Mas é do jogo e todos cumprem papéis, em momentos diversos da vida. Sem medo de ser feliz.

 

  • independente de qualquer tendência politica…a discursão sobre a data base tem ser levada em conta que grande parte dos servidores querem somente honrar seus compromissos; descartando qualquer relação politizada, pois os servidores têm de comprar desde uma caixinha de fosfóro até pagar planos de saúde. Então não é justo que o governo queira que todos os servidores paguem o preço; afinal será que o governo é capaz de renunciar a metade de seus subsídios em favor dessa crise ??? Não ao pífio aumento do GEA !!! Respeito ao trabalhador , que não têm nada a ver com a disputa politíca entre grupos que na realidade estão interessadas só nos seus interesses e o servidor que se lixe, que pague a conta.E voltando ao assunto, o governador no seu twitter disse que os 3% seriam para todos , sem privilégios…e os contadores da auditoria que conseguiram 150% de aumento nas suas gratificações…olha o privilégio aí.

  • Vc tá igual ao Camilo, só fala do passado, não existe mais turma da harmonia. Agora a turma é da transparencia! E também não existe essa de “o momento por que passa o Estado”, pelas atitudes do Camilo me parece que o Estado não passa por nenhuma crise, e se passa por que ele não formou uma equipe econômica mais bem qualificada?

  • A questão mais importante do movimento grevista você nao retratou. Nao importa se foi o grupo “A” ou “B” (harmonia ou desarmonia, como queira)que votou na última sexta feira pela greve dos professores (acho que você nao viu a assembleia, pois a imensa maioria – e estava lotada a assembleia – votou pela paralização). A questão central e, essa sim deve ser o tema do debate, é O “VERGONHOSO” e ‘ULTRAJANTE” salário pago aos professores, não apenas do Amapá, mas brasileiros. Qualquer pessoa , com um mínino de racionalidade e sensibilidade é capaz de compreender que não há , reitero não existe profissão mais importante que a de educador, afinal o médico, o advogado, o engenheiro , o administrador, o economista, o mecanico, o motorista só existem enquanto profissionais, porque um professor lhes ensinou o oficio que exercem. Precisamos acabar com esse discurso de que a greve é politica e inoportuna porque o governo está começando agora e ainda nao teve tempo de “arrumar a casa”. Toda greve é e sempre será política, porque por traz da greve está a negociação, a capacidade de acordar, coisa que esse governo até agora mostrou-se inabilitado a fazê-lo. É preciso parar com essa “insana” retórica de que professor têm vocação para colaborar com o crescimento da pátria, têm o “dom” e a “missão” de libertar da ignorância. Somos, antes de mais nada, trabalhadores e, pela importancia de nossa atividade, MERECEMOS, DEVEMOS, PRECISAMOS ser valorizados com um SALÁRIO DIGNO E JUSTO. Somos a UNICA categoria de servidores públicos que trabalha sábado sem receber plantão, hora extra, etc… Nao podemos, sequer adoecer, porque as licenças médicas devem ser repostas com aulas extras e, finalmente quando decidimos que não dá mais para aguentar e, resolvemos GREVAR somos tratados pela secretária de educação, que também se diz professora, como “preguiçosos e vádios”. Se não podem ou nao querem melhorar nosso salário que tenham, pelo menos, respeito pela categoria. Ah, em tempo, esses dias de greve também serão repostos com aulas extras.

    • Não entendeu o que escrevi..Nao sou contra a greve se os trabalhadores assim entenderem que devem fazer. Discorri sobre o papel dos sindicalistas, que fazem oposição ao governo, e dos sindicalistas da base de apoio…

  • É andré(Miste M 43%), e tu ainda fala que votou no camilo, da pra entedente nesse comentario a tua raiva contra a tranparencia e apoio a quadrilha da harmonia.

    • David:
      tem gente que lê mas nao entende o que está escrito. A alcilene educadamente postou um comentaro sobre o que eu escrevi e esclareceu seu ponto de vista. Quanto a você faltou compreender que numa democracia votar em um governante , nem sempre,necessarimente significa concordar com tudo o que ele faz, por isso a democracia é rotativa, para que possamos reavaliar governo e governos. Releia o que escrevi,pausadamente e, depois reflita, talvez você entenda dessa vez.

  • Os trabalhadores da educação decidiram que vão “Grevar”, o que lhes é de direito, por não concordar com o irrisório aumento dado pelo GEA e aprovado pela Assembléia. Agora cabe a Justiça do Trabalho, decidir quem está com a razão. Ágora fica uma pergunta: Por que os funcionários federais, à disposição do estado, mas pagos pela união, tb não fazem greve, pelo ZERO POR CENTO de aumento? Eles prestam o mesmo serviço dos estaduais e por isonomia deveriam, ao menos receber o mesmo reajuste. Quanto aos sindicatos serem atrelados ao antigo governo, todos sabem, e o que se vê muito aqui no blog e no twitter, são viúvos do DESGÓESVERNO chorando pela teta perdida

  • Tens razão, essa é a minha posição. eu sou profesor, porem vejo muita manipulação na greve e também um ranço e uma atitude de vingança desvairada.

  • Ei vcvsainda não pararam para raciocinar, na verdade camilo não concedeu nenhum aumento.
    Vejam bem, PP quando assumiu o governo em março de 2010, governou 9 meses do ano passado, deu 5% de aumento na data base e deixou autorizado mais 3% para que fosse dado em janeiro de 2011, lembram disso, então o esperto govizinho aproveitou os tres por cento de Pedro Paulo e deu como se fosse dele.
    Vamos divulgar isso, o povo ta reclamando mas nem sabe que esse aumento quie deveria ter sido dado pelo camilo ele não deu, o aumento ainda é do ano passado.
    Querida blogueira confirme isso para mim e se possível escreva sobre isso esclarencedo. Pode ser?
    CAMILO DEU ZERO DE AUMENTO.esswa é a verdade.

    • Oi Ludmila, EU TBM LEMBRO DISSO!!
      O aumento já tinha sido deixado autorizado pelo PP.. E ainda disseram q tiveram trabalho exaustivo pra chegar nesse número.. Rá.

  • bem eu nao encaro a grande questao como sendo o salario do educador, mas sim a situaçao atual da educaçao como o grande problema, inclusive a harmonia derrubou predios de escolas e alugou predios de amigos pra que as aulas continuassem acontecendo. aki na escola nao tem ,segurança, nao tem, material, mas principalmente nao tem gente comprometida com a educaçao!!!!!! todo mundo olhando soh pra sua propria barriga e os alunos sendo “enrolados” pelo sistema do qual os professores fazem parte!! eh triste mas e o Brasil, o país do futuro!!!!!!

    • Mas merenda tem né? A propaganda dos 100 dias de governo disse q todas as escolas estão com merenda..

      • TODAS NÃO !!!!! A Esc. Est. Vitória Régia em Santana, não tem merenda desde o início do ano!!!! nem mingual. E o pior,, minha sobrinha de 7 anos ao ver a PROPAGANDA ENGANOSA (que ninguém sabe quanto custa) chama o governador de MENTIROSO,e nós em casa que votamos nele ficamos de boca fechada!!!!

      • Se essas pessoas que criticam o m
        Movimento de Greve tivessem a atitude ética de conhecê-lo antes de criticá-lo, veriam que na Assembléia que deliberou por greve, estavam muitas pessoas que votaram no Camilo, e estes também levantaram seus braços aprovando a greve. Votar num governo não significa ter que abaixar a cabeça para todas as suas atitudes. Temos que ser críticos, mesmo que seja com os nossos!!!!! Isso faz com que eles nos respeitem!!!!

    • A ESCOLA RAIMUNDO NONATO CONTINUA ESPERANDO O AÇAI COM CAMARÃO NA MERENDA, POIS POR LÁ, DIFERENTE DO QUE MOSTRAM NA PROPAGANDA DOS 100 DIAS, A MERENDA CONTINUA SENDO O BOM E VELHO MINGAU!!

  • No Amapá agora são duas posições, os donos da verdade na situação e a base da harmonia na oposição. Quem não concorda com o governo é taxado de harmonia(ladrão), não importam os questionamentos levantados, talvez como uma forma de tentar calar ou fazer com que outros o calem.

  • Sou servidor publico do estado a quase 20 anos é a nossa categoria no governo passado foi massacrada eu falo do grupo administrativo básico e médio, e mesmo assim eu acho que não é chagado a hora dos trabalhadores reivindicar suas percas salariais, sou economista e tinha uma grande preocupação era que o Camilo tivesse dificuldades de pagar até mesmo o salário do servidor em dia, e isso ele esta conseguindo pagar os nossos salários em dia, vejamos por que eu falo isso, o governo passado já estava aplicando calote até mesmo na sua gestão e o caso dos quase meio bilhão com a Amprev, os Setenta e Nove milhões aos bancos de empréstimos consignados, e a divida da Caesa e da Cea, fora o rombo de 2.7 bilhão de reais tão noticiada na empresa de nosso estado, não sou contra os professores reivindicarem por melhorias para a categoria deles mas eu acho uma aberração o que eles estão fazendo, esses professores não conhecem a realidade do nosso pais, bem próximo de Macapá em Belém o professor não chega a ganhar nem mesmo a metade do salário do professor no Amapá, agora querer cobrar de um governo que vai completar 6 meses no poder isso é ridículo. Vamos ajudar o Governo pelo menos equilibrar um pouco esse rombo que é ele herdou do governo que se intitulava harmonioso, mas que deixou o nosso estado mais quebrado que arroz de terceira, vocês entendam que esse rombo que foi planejado em oito anos no governo passado, vai demorar ou pouco para o governo atual pelo menos possa respirar um pouco. Vamos aguardar um tempo e ai sim quando as finanças se equilibrarem do nosso estado cobrar do governo atual as melhorias necessárias a cada categoria.

    • Amigo nao é o professor do amapá que ganha “bem” é o do Pará que ganha super mal. Realmente a “instrução” nao foi ser forte, talvez você possa ser um bom economista, mas com certeza foi um péssimo aluno de português, a grafia correta da palavra é PERDA e não PERCAS salarias

      • Humuummm…se eu fosse o governo te daria 0 x 0% de acrescimo no teu salário,só pela “ignorância” em não detectar que oque o Roberval escreveu(percas ao invés de perdas),foi um simples erro ao teclar.AFF!

        • Parece que a falta de dinheiro do GEA não chegou na parte de propaganda!!!! Aliás, alguém sabe me dizer quando custa cada propaganda daquela???? E o pior, o GEA não quer deixar escapar nenhum eleitor, pois até canais com 2 ou 3 telespectadores exibem tais propagandas!!! Não sei em quem confiar mais!!!! Parece que saimos da panela e caímos na frigideira!!!!!

          • Bom seria se fosse mesmo na frigideira,dai ninguém estaria reclamando do atual governo,já que vcs já estavam acostumados a serem fritados pela harmonia….kkkkkk

            • Já você parece cachorrinho,,, se contenta com qualquer “ossinho” que o dono dá!!! e ainda balança o rabinho e lambe suas mãos. A independência congnitiva/ideológica deve ser o maior bem que uma pessoa pode ter, pelo jeito a tua não leva isso a sério!!!!

  • Muito interessante ver gente que andou calado nos seus sindicatos e agora esbravejam moralismo pr questões de “acordo salarial”. Sindicato é também pra negociar, principalmente em um momento delicado por que o estado passa! Atenção, tem gente achando que esse é o terceiro turno da eleição passada e outros, já estão em campanha pra o ano que vem! O amapá não precisa e não merece isso…

    • Isto mesmo Emerson,tudo chororo de viuvas da harmonia.A imprensa jabazeira que sempre aplaudiu o exdesgosverno tá se achando com moral, p/detonar o governo atual e cobrar responsabilidades do mesmo.

  • ainda bem que vejo varias pessoas derrubando esse lenga-lenga de que todo esse movimento de grave é feito por pessoas que são manobradas pela harmonia. acha que são caçados como o diabo pela cruz….

    • Pois é mano,se àquele pastor americano tivesse acertado a data do fim do mundo(21/05/2011),nós já estariamos livres disto,do povo da harmonia e do coroné maranhense,pq 2o. o tal pastor,só 2% à 3% do povo na terra subiria ao céu e como só iriam os “bonzinhos”(????rsrsr),nós os maus,ficariamos livres destes “anjinhos” e desfrutariamos do patrimonio que eles nós tiraram,para não falar no Ali Babá…..kkkkkk

  • Dito de outra forma o governo so poderia conceder uma unica carta sindical a um unico sindicato oficial. Essa acao do Estado burgues se fazia contra os interesses dos trabalhadores sujeitos a exploracao do capital na medida em que punha as lutas sindicais sob controle e limites de governos associados a interesses patronaisAssim a defesa da liberdade de organizacao sindical sem a interferencia do Estado tambem faz parte dessa historia. Acusando outras articulacoes sindicais nacionais ainda durante o governo do General Figueiredo de serem instituicoes a servico dos interesses patronais a CUT se anunciava como uma central classista combativa autonoma mas e isso passava desapercebido a maioria de nos unica.

  • Como se fosse um filmede faroeste de terceira categoria certos ongueiros ambientalistas posam de xerifes da naturezaem luta contra os bandoleiros da producao rural tidos como depredadores contumazes…A esmagadora vitoria na Camara Federal reflete um apoio politico e social significativo a peca elaborada pelo deputado Aldo Rebelo e de quebra desmonta a tese de que o resultado teria sido a primeira derrota do governo Dilma na Camara.Partidos governistas e oposicionistas estavam dos dois lados da disputa…A Camara Federal como e regra no parlamento brasileiro tem uma dinamica de funcionamento confusa para quem nao e do meio. Que cena a esmagadora maioria do partido votando contra o proprio presidente!.Em situacao desconfortavel tambem ficaram os lideres do governo Candido Vaccarezza e do PT Paulo Teixeira . Na abertura ele proferiu uma alentada Conferencia sobre a conjuntura politica do pais as perspectivas do governo Dilma e o papel do PCdoB na atual etapa da luta politica do pais…No dia seguinte passou em revista os desafios atuais dos comunistas em particular na frente sindical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *