• Quem recebe dinheiro do GEA para divulgação do mesmo, não poderá achar outro adjetivo em relação ao comando de grevE a não ser chamá-lo de bizarro, qual das duas situações é mais bizarra: lutar por seus direitos(comando de greve) ou puxar saco do GEA?

    • Apelou perdeu. Não recebo dinheiro do GEA. Não é anunciante do meu blog. Nunca foi…Por isso tenho a liberdade de criticar e de elogiar, quando assim achar coveniente. Bizarro sim

      • Tenho 2 filhas que estudam em escolas publicas e estou procurando outros pais para entrarmos na justiça contra o sindicato dos professores em função do prejuizo escolar que o mesmo está causando aos estudantes amapaenses

      • Esse grevista clamam tanto por democracia,respeito, direitos, mas só para eles.Para que concorda com as Bizarrices e burrices deles aí não vale.Um bando de irresponsáveis.

    • É de entristecer…. nossas crianças estão sendo “educadas” por professores com esse nível de intelecto? Existem duas possibilidades: ou esses professores são ignorantes ao ponto de serem enganados pelo sinsepeap ou, eles tem consciencia plena do cunho político e são coniventes com mais esse crime praticado pelos mandatários da assembléia legislativa.

    • Suzy o comentário não é idiota quando vc tem um ótimo saĺário como analista + gratificação no gabinete e ainda recebe um boooom salário de cargo no MPEA.Assim dá pra ter um site pra puxar o saco!

      • Hum…quer dizer que quando defendo as reinvindicaçoes de vcs nao sou puxa-saco? É bizarro sim. Minha opinião..Mais do que bizarro, é ridículo

        • Concordo com vc Alcilene.Esse sindicato não quer acordo, quer na verdade é desgastar o Chefe do Executivo por causa das eleições municipais que estão se avizinhando. Uma coisa é lutar por seus direitos, outra é usar desse “artificío” para tentar influenciar no pleito eleitoral. Sabemos que numa mesa de negociação ambas as partes tem de ceder, mas fica impossível qdo um lado já vai para a negociação com o firme propósito de continuar na pelenga e isso já ficou claro para todos os segmentos da sociedade. Principalmente para o trabalhador humilde que vê seu filho perder o semestre, perder as férias e ficar em casa ocioso, porque não tem dinheiro para pagar escola particular. Sabemos que a reivindicação de melhoria deles é justa, mas tem de haver ponderação, não acha? E o mais triste é saber que esse comando de greve está sendo manipulado pelo grupo da “Hamonia” que deixou o salário deles acachapados e o nosso Estado falido. Esta semana o presidente do sindicato esteve em reunião com Waldez e Roberto nas dependências da Prefeitura, quando foi “paparicado” pela resistencia/intransigência e estimulado a continuar assim para ajudar a “matar” politicamente o Gestor do Executivo. Como se vê a “Harmonia” está enraizada infelizmente.

    • Logo se percebe que você não tem respeito por nenhum professor. Pois, entendo o uso da palavra raça no sentido pejorativo.

  • Conheço professor que odeia sala de aula,e declara esse sentimento nas rede social. E mais, fala mal dos seus alunos. E agora exige aumento. Merece mesmo?
    Fala serio!

  • Todas as manhãs, ao abrir seu BLOG, o faço antes de ler os jornais do cotidiano, vez que, as notícias do nosso Amapá e até outras do Brasil e do Mundo, estão quentíssimas e procedentes na tua página. Parabéns, mesmo que as vezes elas nos tragam tristezas, também em seu bôjo possuem a esperança que a impunidade está com os dias contados.
    Você ajuda escrever a história(sem censuras). Estivetes recdentemente em Países Europeus e vistes como estamos longe. Que vergonha hem?

  • Bizarro é ter que aguentar esses (……) roubando os confres publicos e nao fazer nada.Pois acho que esses professores estão no caminho certo, alguem precisar clamar por justiça. Se fosse em outro estado nao só os professores mas a poluçao faria o mesmo. O Amapaenses é mt acomodado e qdo alguem resolver agir ainda sua atitude ainda é taxada como bizarro. Lamentável

  • Perguntas que se faz: 1)Será que existe ainda alguém que duvide dos verdadeiros interesses que norteiam a “greve dos professores”, ou seja, desestabilizar o governo estadual? 2) Desde quando a Lei nº 11.738 está em vigor? por que não foi aplicada no governo anterior? 3)Quais as escolas que ainda estão “em greve”, pois é notório que somente em algumas é que as aulas estão sem serem ministradas, exclusivamente por falta de alunos, isso só no turno da noite, (vide Escola Azevedo Costa)? 4)Mesmo que persista a greve em algumas escolas (não sei se ainda há), quem vai se responsabilizar pelo corte no ponto dos professores abduzidos por uma meia dúzia de incentivadores da greve, completamente estranhos ao quadro do magistério, uma vez que a greve até agora foi considerada ilegal pelo Poder Judiciário? Existe nos demais Estados da Federação o cumprimento da Lei nº 11.738? Seus gestores estão sofrendo processo de IMPEACHMENT? Por favor, alguém pode responder?

  • Que coisa feia SINSEPEAP! Isso é burrice; é sério! Pessoas conscientes e sérias não fazem um papel ridículo, que só o tal governo paralelo faz. As escolas que foram derrubadas e sem recursos o Sindicato não viu, agora quer passar tudo no crivo da transparência, no mínimo é imoral. Falem também desses deputados que estão jogando o Amapá no lixo e que até pouco tempo alguns professores estavam la e ganhando Regência de Classe e o Sindicato caladinho; porquê?!

  • BIZARRICE É POUCO PARA AS ATITUDES E AÇÕES QUE ALGUNS “PROFISSIONAIS” DA EDUCAÇÃO ESTÃO PRATICANDO. QUERER O IMPEACHMENT DO GOVERNADOR POR NÃO ACEITAR A IMPOSIÇÃO DO SINDICATO E DE ALGUNS BADERNEIROS QUE NÃO QUEREM TRABALHAR E QUE NÃO ESTÃO NEM AÍ PARA OS ALUNOS E PARA A EDUCAÇÃO DOS AMAPAENSES. ONDE ESTÁ A DEMOCRACIA TÃO PROPAGADA E EXIGIDA POR ELES. IMAGINEM SE TODA CATEGORIA DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NÃO ATENDIDOS EM SEUS INTERESSES CORPORATIVOS RESOLVESSEM DEPOR AS AUTORIDADES GOVERNAMENTAIS.

  • Deixo alguns questionamentos: Por que o SINSEPEAP prefere recorrer à Assembléia Legislativa do Amapá, que está uma lameira só, do que ir ao Judiciário em busca de seus direitos? O que realmente querem? O cumprimento do PISO NACIONAL ou o aumento de 20%? Por que preferem penalizar os alunos, em uma busca desenfreada de atingir o governador, do que ir na justiça cobrar o cumprimento da Lei n° 11.738?

  • Muitos professores tem a escola pública como bico, pois trabalham mesmo é na rede privada. Agora com os concursos públicos para o GEA, todos esses estão em tempo integral nos cursinhos preparatórios (iniciativa privada). Isso somado àqueles professores viúvos da harmonia, que não se contentaram com a derrota política, fazem esse movimento grevista. Já a diretoria do SINSEPEAP, essa com interesses políticos de desestabilizar o atual governo (eleições municipais à vista), formam juntos um grande pacote de bizarrice, que prejudica primeiramente os alunos e pais de alunos, em sugundo o próprio sindicato que está caindo no descrédito junto à população.
    Por último essa aliança com a Assembléia Legislativa, isso tudo é lastimável.

  • SOU PROFESSOR. ACHO QUE ESTÁ FALTANDO CONSENSO DE AMBOS OS LADOS. O GOVERNO CAMILO ESQUECEU TUDO QUE ELE PREGAVA NA ASSEMBLÉIA. ERA PARTICIPATIVO E INTERAGIA COM AS CLASSES. QUANDO ASSUMIU O PODER MUDOU COMPLETAMENTE SUA FORMA DE AGIR E DE INTERAGIR COM AS CLASSES ORGANIZADAS. SE ELE TIVESSE PARTICIPADO DIRETAMENTE NAS MESAS DE NEGOCIAÇÃO E APRESENTADO COM PLANILHA A SITUAÇÃO DO ESTADO COMO FIZERAM OUTROS GOVERNADORES A SITUAÇÃO JÁ TERIA CHEGADO AO FIM. VC CAMILO É JOVEM E TEM MUITO FUTURO NO AMAPÁ. SABEMOS QUE GRAÇAS AO SEU GOVERNO VEIO A TONA TODA A FORMA ILICITA QUE ERA E É EMPREGADA PELOS DEMAIS ENTES NO QUE CONCERNE AOS RECURSOS PÚBLICOS. ENTÃO COLOQUE EM PRÁTICA TUDO QUE VC EXERCITOU NA AL. ACABE COM ESSA GREVE. FORNEÇA O QUE DE DIREITO AOS PROFESSORES. É UMA CLASSE QUE NÃO MERECE PASSAR PELO QUE ESTÁ PASSANDO. FALTA DIALOGO.

  • Perdão, fiz confusão, li com pressa e na hora associei como sendo o impeachment do presidente da assembleia legistativa M.S…precisamos ter essa atitude com esse cidadão e tantos outros daquela casa.

  • É TUDO FARINHA DO MESMO SACO.COMO PODE UM SUJO FALAR DO MAL LAVADO?O SINSEPEAP TA CERTO EM CONTINUAR AS REIVINDICAÇOES,O INTERESSANTE É QUE O CAMILO BAIXOU A SAIA E ATENDEU OS APELOS DOS MEDICOS.,PMS,CIVIL E DE OUTRAS CLASSES QUE PROMETERAM CRUZAR OS BRAÇOS.AGORA PQ AINDA NAO RESOLVEU A QUESTAO DOS PROFESSORES?ISSO É UM DESRESPEITO AOS DOCENTOS QUE AJUDAM O ESTADO NA MESMA PROPORÇAO QUE OS MEDICOS,PMS.CIVIL E MUITOS OUTROS.TOMARA QUE ESSA CLASSE DESSES DEPUTADOS VOTEM A FAVOR DA SAIDA DESTE GOVERNADORZINHO QUE CREIO EU E A MAIORIA DO POVO,MENOS SEUS PUXAS TESTICULOS QUE ELE NAO CONCLUIRÁ ESSE MANDATO.NAO ATENDE NINGUEM,NEM MESMO SEU PAI,ENQUANTO ISSO O DESCASO NO AMAPA,E MUITA GENTE (CDI’S)METENDO A MAO E PEGANDO O JABAZAO EM SETORES QUE REPRESENTAM.É SO INVESTIGAR.TEM CDI’S QUE PASSAM MAIS TEMPO VIAJANDO E CURTINDO POR AI AFORA E DEIXANDO SEUS SETORES OCULTO.BASTA INVESTIGAR PRINCIPALMENTE NOS INTERIORES.O GOVERNADOR JA TA SENTINDO NA PELE O REPUDIO DO NOSSO POVO,NESSE MOMENTO DE PRE-ELEIÇÃO PEGANDO UM BANHO DE VAIAS SUBINDO EM PALANQUES PEDINDO VOTOS AOS SEUS PUPILOS,E,NAO ADIANTA QUE O PSB JA TA MORTO EM TODO AP E NAO VAI FAZER PREFEITOS.ENQUANTO ISSO ELE E OS DEPUTADOS CONTINUAM SE MATANDO E DEIXANDO O POVO DENTRO DO CAIXÃO!NAO TEMOS SAUDE,EDUCAÇAO,ESTA SEMANA 20 ASSALTOS EM MCP EM MENOS DE 24H.TAMBEM PUDERA.O AMAPA ESTÁ DESGOVERNADO,E AINDA TEM UM EX SENADOIDO QUE QUER SER PREFEITO DE MACAPA.TO SAINDO DE FERIAS E NAO VOLTO MAIS PRA CA,ANTES QUE ROUBEM ATE MINHAS CUECAS!!!SOCORRO!!!!!

  • Quam sabem tambem ja não esta na hora dos pais de alunos irem as ruas e pedirem que de alguma forma o Governo do Estado substitua este servidores públicos que não querem trabalhar? Se for necessário, aplique a demissão e faça concursos e contrate quem realmente queira trabalhar. O que não pode continuar é esta greve politica e nossos filhos tendo os seus estudo comprometidos.

  • Lene morava no interior do estado e vi os professores do MODULO loucos para viajar de volta a Macapa, inventaram uma atividade de recolher sacos plasticos, garrafas pet, latinhas de cervajas, do inicio do municipio ate a beira do rio… e era para os alunos considerarem materia como dada, ali tinha varios professores de diversas materias, entao isso e trabalhar mt…
    Nao to defendendo ninguem e sim mostrando que no interior eles nao sao nem cobrados por agirem com td a liberdade…

  • Bizarro é o que o Governador está fazendo. Não paga o Piso. Chama os Professores de vagabundos. Descumpre LEI FEDERAL! E ainda quer acabar com a PMM. Rumo às 200 mil assinaturas!

    • Ele já paga o piso, os professores ganham 100% de Regência: Vamos fazer a Conta… Se um professor do Amapá ganhasse 750 Reais, e todo mundo sabe que não é assim… 750+750 seria 1.500,00 ACIMA DO PISO…

      • Ao senhor Herculano, o piso é vencimento. Procure no portal da transparência se o professor A1 recebe o piso. Não recebe. Leia o acórdão do STF.
        Quanto à “bizarrice”, vista pela editora, está prevista no nosso ordenamento jurídico. O governador descumpre uma lei federal. Cabe ao poder legislativo receber a nossa denúncia e abrir o devido processo para apurar.

    • ^Vocês não perceberam ainda que a maioria da população já não apoia essas atitudes? E agora se associando à assembléia talvez fique ainda pior. Vocês estão perdendo o bonde da história. Reflitam.

  • Esse presidente do sindicato dos professores e seus diretores são grevistas profissionais.Pior que fazem com que uma minoria de professores incorram na ilusao de que a greve um dia vai ser declarada legal. Infelizmente muito deram conta que foram enganados por esses radicais quando tiveram o conhecimento dos seus contra cheques e viram os descontos justamente feitos. Como senhor presidente que vc pode querer que a justiça determine que o Estado não desconte valores dos professores que não prestaram o efetivo serviço. Sou servidor público cumpridor do meu dever e me sentiria ofendido se esses grevistas que passam o dia todo na praça recebecem sem trabalhar.

  • Você deveria achar bizarro dois mil, trabalhadores ficarem sem receber seus salários em virtude da truculência de um governo ditador. Isso sim é bizarro ok…

    • Mas os professores que insistiram em continuar a greve, mesmo depois de ser considerada ilegal, assumiram os riscos de se manter na ilegalidade. Agora não tem do que reclamar. Se o governo está na ilegalidade por não pagar o Piso, os grevistas também estão. O sujo falando do mal lavado.

    • Bizarro é deixar os alunos sem aulas, não obdecer ordem judicial, não trabalhar e querer receber, ser irredutivel em negociação, aliar-se aos inimigos do povo e ainda quererem o apoio do povo. se não tiverem a dignidade de recuar, serão demoralizado ai depois vão vir com aquela ladainha que o governador rasgou o estatuto e outras. Como posso culpar o governador se a justiça nos disse que a greve é ILEGAL, então para nós a culpa do prejuízo escolar é de vocês, se a greve for considerada LEGAL é do governador. Reitero vocês já não tem o apoio dos pais de familia. Vocês se acham seres tão politizados e não conseguém eleger um representante político. são 7 mil, quando passo na praça da Bandeira tem meia dúzia de gatos pingados e o restante nas salas de ualas.

  • CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DO AMAPÁ.

    DA RESPONSABILIDADE DO GOVERNADOR DO ESTADO

    Art. 120. São crimes de responsabilidade do Governador do Estado, os definidos no art. 85 da Constituição Federal e os previstos na legislação federal.
    Parágrafo Único. As normas de processo e julgamento são as definidas na legislação federal e no Regimento Interno da Assembléia Legislativa.
    Artigo com redação dada pela Emenda Constitucional nº. 18, de 04.07.2000.
    Art. 121. O Governador do Estado, admitida a acusação pelo voto de dois terços dos Deputados Estaduais, será submetido a julgamento perante o Superior Tribunal de Justiça, nas infrações penais comuns, ou perante a Assembléia Legislativa, nos crimes de responsabilidade.

    CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

    Art. 85. São crimes de responsabilidade os atos que
    atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra:
    I – a existência da União;
    II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério
    Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação;
    III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;
    IV – a segurança interna do País;
    V – a probidade na administração;
    VI – a lei orçamentária;
    VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.

    O não cumprimento da lei 11738/08 é crime de responsabilidade. A lei do Piso é constitucional e já foi decidida pelo STF, sendo uma decisão judicial de validade nacional. O futuro do Governador está nas mãos da Assembléia. É hora da população ser convocada para um “Fora Camilo”, em virtude do caos que está o Estado do Amapá.

    • O comando de greve dos professores sao uns loucos, o governo deu 8% queriam 20%, o governo deu 16% dai radicalizam querendo o piso, os professores deveriam ter aceito os 16% e no proximo ano lutariam por mais, pelo piso por exemplo. me digam dos 27 estados da federação quantos pagam o piso, que eu saiba somente 3 os mais ricos. anotem ai nas cadernetas os professores serao derrotados, dai quero ver o que o comando de greve vai dizer.

  • trabalho aqui no amapá não dignifica niguém, pelo contrário trabalhador sério serve de chacota pra um bando de mau caráter, que se diz formador de opnião.
    como dizia meu saudoso amigo Antonio Marques.no Brasil se você não roba e ném herda,tu enrica é merda.

  • Sou sindicalista, porém, tenho a consciência de quando há diálogo entre as partes litigantes, e não se chega a uma conclusão de quem quer se conciliar, pra mim, já se torna um caos excessivamente abusiva em relação aos “mestres” reivindicadores. Não estou querendo ser áulico do GEA, mas, entendo que várias aberturas foram dadas pelo governo, no sentido de que as arestas fossem aparadas, culminando com a interferência do Judiciário na tentativa de apaziguar o conflito radical dos professores, sem nada de solução. Fica uma situação excrescente, ocasionando com isso imenso prejuízo à toda sociedade educacional estadual, em detrimento a um percentual, sei lá eu acho,de pelo menos 50% + 1 de professores grevistas.

    Há de se entender com isso, existir algo estranho interferindo à classe sindical dos professores para sequência de todo o movimento paredista, e a falta de personalidade, criatividade, iniciativa, liderança, enfim o consenso, permitem a insondabilidade para os incautos.

    Infelizmente, assim caminha a humanidade!

  • Concordo com vc que é bizarro. Não esoante não! No Amapá, o bandido quer correr atrás da polícia.
    Muleke, que já está na sala de aula há muito tempo.

  • É bizarro também “constitucionalistas” estarem “inovando” a velha máxima do direito de que “ordem judicial se cumpri, depois se recorre”.

  • Entendo que a estratégia adotada pelo Sindicato está totalmente equivocada, apenas gerando perdas para os Professores. Penso que deveriam ter aceitado os 16% propostos pelo Governo e depois disso tentassem, até mesmo pelo Judiciário, o cumprimento da Lei do Piso. A postura radical adotada pelo SINSEPEAP fez com que a Classe fosse a única a não ter,até o momento, reajuste algum. Sinceramente será que eles acham que vão conseguir algo com esse procedimento de Impeachment? Uma pena ver os Professores tão mal assessorados.

    • Muito sensata suas colocações.Achei que o sindicato se perdeu nesta questão.Impeachement já é um pouco D+,me poupe.Pq não pediram dos que saquearam os cofres públicos no governo anterior?
      Só um pequeno ex. de como uma professor ganha mixaria é só ir trabalhar nos municipios baianos.Ralam muito,ganham pouco e prestam um ensino de boa qualidade.O ensino em geral no Amapá é de péssima qualidade,só observar nos concursos realizados por aqui,maioria que consegue vagas de emprego,são candidatos de fora,vindos de outros estados.

  • Respeito a opnião daqueles que acreditam não termos uma das melhores educação do nosso país. Contudo, vocês observarão q tivemos o 1º colocado no ultimo vest. da unifap, aluno vindo da escola publica; alunos das rede publica participando de eventos internacionais pautos em avanços p/ sociedade, entre outros exemplos. Talvez falte um pouco + de compreensao da realidade por parte de muitas pessoas. Profissionais da educação não contribem com a formação do educando apenas para concursos e vestibulares e sim para uma formação cidadã. Antes de vc atirar uma pedra na educação do nosso estado, olhe para si e sua formação e verás seu/sua professor(a) como a primeira a levar a pedrada. E não te engana, o mesmo professor(a) que ministra suas aulas na escola particular tambem a faz na publica. A EDUCAÇÃO está na uti e se ha culpado SOMOS TODOS NÓS.

  • Boa tarde,tem pais que reclamam que os filhos ficam sem aula durante a greve, ainda não vi nenhum pai recorrer a justiça para que seu filho, estude em uma sala com no máximo 30 alunos ( chega a ter 50), falta merenda ( as vezes só suco e bolacha), sem ar condicionado ou ventilador, banheiros imundos, água fora dos padrões de potabilidade, material de apoio aos professores, biblioteca equipada, laboratorio de ciênicas, informática, linguas, sem carência de professores, uma escola onde o professor não tenha que comprar giz ou pincel, não precise comprar material para os alunos, caso alguém conheça uma escola pública assim aqui no Amapá, por favor informe e prove que tem tudo isso, no Amapá não existe isso, está na Constituição, é obrigação do Estado, ninguém cobra isso, em qualquer pais desenvolvido o professor e a educação são respeitados, no Brasil e principalmente no Amapá é diferente, por isso tanta corrupção em um Estado que não desenvolve e lendo esses comentários observo que pessoas continuam pensando em seus cargos atuais, passados ou futuros, sou engenheiro de formação, estudei no C.A., na UFPA, sou funcionário da Eletronorte, tenho uma filha na rede pública estadual em Santana, tenho todo respeito pelos professores que me ajudaram, ajudam minha filha e ajudarão meus netos, cobrem do poder público suas obrigações e de condições para os professores trabalharem dignamente.

    • Muito bonito seu discurso Antonio Carlos. Mas, já que tem filho em escola Pública e sabe todas as mazelas, seja o primeiro a acionar a justiça para que se cumpra o que reza a Constituição, mas não esqueça de exigir das duas partes cumprimento de deveres: Executivo e Classe Docente, uma vez que nessa greve os professores só visam o PISO,quanto as condições de ensino do personagem principal dessa história: o aluno que, neste momento, está com o semestre comprometido, ah! Isso não tem relevância para os nossos queridos professores……Amigo, enquanto se olhar os problemas considerando primeiro seu umbigo, não chegaremos a lugar algum!!! Por isso seja o primeiro a fazer algo, quem sabe não serve de incentivo para outras pessoas se juntarem a vc para começar uma revolução do ensino não só no Amapá, mas no Brasil!

      • Caramba!!! Simplesmente a melhor opinião escrita que eu já li sobre esse assunto! Simples, objetiva e sobretudo COERENTE! Parabéns!!! É uma pena que nossos professores estejam chegando a esse ponto…

  • AGORA ELES TIRAM FERIAS DA GREVE PARA VOLTAR A GREVAR EM AGOSTO E AINDA QUEREM QUE A POPULACAO ACREDITE NELES,FERIAS DE QUE! O UNICO PREJUDICADO SOMOS NOS QUE TRABALHAMOS O ANO TODO E NAO TEREMOS FERIAS EM JANEIRO E UMA VERGONHA

  • Defendo que a partir do dia 05.07.2012 o governo começe a instaurar PAD por abondono de cargo contra esses professores que não querem trabalhar. Com certeza terá o apoio da sociedade.

    • Claro que apoiamos, pagamos mais queremos o serviço prestado, já basta a assembleia que aluga carrros fantasma e agora professor.

    • Seria bom mas não pode! Pode e deve cortar o ponto mesmo sendo a greve legal mas não pode alegar abandono de emprego. pois a pesar da greve ser ilegal não se pode provar que eles tem a intenção de abandonar o emprego!

      O ideal seria uma gratificação que levasse em consideração o IDEB de cada escola! daí vc iria ver neguinho querendo melhorar a qualidade do ensino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *