Barco-escola Samaúma do SENAI é ouro no Prêmio Ser Humano

Com o case do barco-escola Samaúma: Transformando vidas pelos Rios da Amazônia, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) levou o 1º lugar no Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia 2019, na categoria Gestão de Pessoas – Sustentabilidade, concedido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-AM), nesta terça-feira (3).  O segundo lugar ficou com o Programa Comunidade Empreende (PCE) de Salvador (BA), e o terceiro com a Casa Saudável- Onde Mora uma Vida Melhor, do estado do Maranhão.

O SENAI com o barco-escola Samaúma foi agraciado com ouro na etapa regional e nacional do Prêmio em 2019. O projeto fala sobre as experiências da educação profissional itinerante de quatro décadas do barco-escola do SENAI, que já fez 160 viagens e atendeu cerca de 60 mil pessoas em 65 municípios do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Roraima e Pará.

A escola flutuante tem cursos de educação profissional gratuitos que geram trabalho, renda e o desenvolvimento do empreendedorismo por meio da criação de oficinas e cursos utilizando técnicas que minimizam a degradação do meio ambiente nos municípios de origem.

O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia é uma iniciativa da ABRH – Brasil. O Objetivo é reconhecer empresas e profissionais competentes e comprometidos que desenvolvem práticas criativas e inovadoras na valorização das pessoas dentro e fora das organizações.

SAIBA MAIS – Há 40 anos, o barco-escola Samaúma, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) percorre os rios da região Amazônia levando educação profissional. Atualmente, são duas embarcações (Samaúma I e Samaúma II) que ajudam a transformar a vida de milhares de pessoas.

Da Agência CNI de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *