Barco da Leitura da Prefeitura de Macapá atende crianças das comunidades de Vila Progresso e São João Batista, no Bailique

Na tarde do último sábado, 3, o Barco da Leitura da prefeitura de Macapá atendeu crianças das localidades de São João Batista (Igarapé dos Macacos) e Vila Progresso, no arquipélago Bailique. O barco é coordenado pela Secretaria Municipal de Educação e iniciou principalmente para o desenvolvimento de atividades lúdicas de incentivo à leitura, brincadeiras, momento de leitura e muita contação de histórias com monitores.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Sandra Casemiro, a iniciativa é uma forma de levar conhecimento e diversão para esses locais isolados. “A finalidade do projeto é chegar às comunidades distantes, de difícil acesso. O único acesso ao distrito é o fluvial, por meio de barcos. O projeto surgiu exatamente para levar para esta população mais distante, ribeirinha, o acesso aos livros, à literatura infanto-juvenil e de forma geral”, ressaltou.

O barco encantou os pequenos Luciano Barbosa, 9 anos, Maria Vitória Leal e Camille dos Santos, 4 anos. “Achei bonito esse barco, muito obrigado por ter trazido ele aqui à nossa comunidade”, comentou. Eles tiveram o apoio dos monitores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Vila Progresso, Daniel Barbosa dos Santos e Lonara Vilhena.

O projeto já percorreu às comunidades Vila Progresso, Jaranduba, Macedônia, Canal dos Guimarães e Freguesia, no arquipélago do Bailique, a 180 quilômetros de Macapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *