Bailique recebe 5 equipes do Programa Saúde da Família, consultórios odontológicos e bibliotecas novas

 

A partir do dia 24 de janeiro, a população do distrito do Bailique receberá um grande reforço na área da saúde, com o recebimento de cinco médicos cubanos do Programa Mais médicos, além de um médico brasileiro. Com isso, a região, que possui 15 mil habitantes, terá seis médicos e uma média de um profissional para cada grupo de 2,5 mil pessoas. É quase a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, de um médico para cada dois mil habitantes.

 

O envio de mais médicos para o Bailique só foi possível graças ao empenho da Prefeitura de Macapá junto ao Ministério da Saúde, dentro do Programa Mais Médicos. O prefeito Clécio Luís e o secretário de Saúde Dorinaldo Malafaia estiveram em Brasília e sensibilizaram o ministro Alexandre Padilha da necessidade de o município de Macapá receber um número maior de médicos do que o programa previa.

 

“Inicialmente, recebemos 20 médicos cubanos, que já estão atuando na capital. Depois, fomos contemplados com mais onze profissionais, o que nos permitiu atender regiões como o Bailique, por exemplo, que tem uma grande carência de médicos”, explicou o secretário Dorinaldo Malafaia.

 

Os médicos cubanos vão compor cinco equipes do Programa Estratégia Saúde da Família. Cada grupo é formado por médico, enfermeiro, técnico em enfermagem, odontólogo, agente de saúde bucal, e agente comunitário de saúde.

 

As equipes vão atuar nas comunidades Maranata, Vila Progresso e Itamatatuba. “Esse é um grande avanço para a saúde municipal. Além do reforço com a chegada de mais médicos, conseguimos recursos para recuperar e estruturar as Unidades Básicas de Saúde de Macapá”, concluiu o secretário Dorinaldo Malafaia.

 

 

Gilberto Pimentel – Asscom PMM

 

Asscom Prefeitura Municipal de Macapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *