Atendimentos simultâneos: Ouvidoria do MP-AP descentraliza serviços para melhor atender ao cidadão

A Ouvidoria do Ministério Público do Amapá (MP-AP), com o apoio da Procuradoria-Geral de Justiça, irá descentralizar os atendimentos à população. Com a medida, o serviço prestado à sociedade, que é realizado na Procuradoria-Geral – Promotor Haroldo Franco, no Araxá, também passará a ocorrer no Complexo Zona Norte do MP-AP, na Promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais, de segunda a sexta-feira.

A medida, que inicia nesta segunda-feira (5), tem o objetivo de facilitar o acesso do cidadão aos serviços da Ouvidoria, simultaneamente, nos prédios do órgão ministerial, localizados em áreas opostas da capital amapaense.

A iniciativa do ouvidor do MP-AP, promotor de Justiça Paulo Celso Ramos, ampliará o acesso do cidadão à Ouvidora. Os atendimentos no Complexo Zona Norte serão feitos no mesmo horário do serviço na Procuradoria-Geral, de 8h às 14h. Além disso, as opções de atendimento online e via telefone continuam ativas.

“A Ouvidoria tem como principal objetivo contribuir para elevar continuamente os padrões de transparência, presteza e segurança das atividades dos membros, órgãos e serviços auxiliares do Ministério Público do Estado do Amapá. Funciona como um canal, permanentemente aberto, de comunicação e interlocução com a sociedade e com os membros, servidores e colaboradores da instituição. Com a descentralização, facilitamos o acesso do cidadão e melhoramos ainda mais a prestação de serviços à sociedade”, destacou Paulo Celso Ramos.

Promotor de Justiça, Paulo Celso Ramos, Ouvidor-Geral do Ministério Público

Sobre a Ouvidoria do MP-AP

A Ouvidoria do MP-AP é um importante órgão de gestão da administração. É por meio dela que os membros da instituição têm acesso aos anseios da sociedade, com recebimento de reclamações, informações, elogios e denúncias, para melhor executar as atividades, em cada um dos ramos de atuação. Tem na sua essência o objetivo de melhorar os serviços do Ministério Público, prestados por membros e servidores.

A maioria dos temas trazidos pelos cidadãos atêm-se à segurança, saúde e corrupção na administração pública. Tais demandas são inicialmente recebidas e tratadas pela Ouvidoria, para posterior encaminhamento aos órgãos de execução do MP-AP, que são as Procuradorias e Promotorias de Justiça, instaladas por todo o Estado, onde são apurados os fatos denunciados.

Canais de Atendimento

No Estado do Amapá, a Ouvidoria do MP-AP disponibiliza para a população o acesso direto a seus serviços, através dos seguintes canais de atendimento:

* Telefone: 127

* Internet: www.mpap.mp.br, através da Assistente Virtual SOFIA (site oficial).

www.mpap.mp.br/ouvidoria (hot site) e www.mpap.mp.br/acesso-a-informacao

* E-mail: [email protected].

* Aplicativo: MP-AP Mobile – plataformas Android e IOS

* Atendimento presencial, no horário de 8h às 14h:

– Na Ouvidoria: localizada no prédio da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, no bairro do Araxá, zona sul da capital amapaense.

– Na Promotoria de Defesa dos Direitos Constitucionais: localizada no Complexo Cidadão da Zona Norte do MP-AP, na BR 210, s/n, bairro São Lázaro.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *