Assine pelo respeito ao voto do povo do Amapá

João e Janete foram cassados uma vez pela ditadura e duas vezes em plena democracia.

Capi-Janete

Em 2004, os mandatos da deputada federal Janete Capiberibe e do senador João Capiberibe, parlamentares do PSB do Amapá, foram cassados por suposta compra de votos.

Logo depois das eleições de 2002, os dois foram acusados pelo PMDB de terem comprado dois votos por R$ 26,00, pagos em duas parcelas. O Ministério Público Eleitoral não acatou a denúncia e o TRE do Amapá os absolveu.

O PMDB recorreu ao TSE, que reformou a decisão do TRE do Amapá, apesar das evidências de que tudo não passava de uma farsa.

João e Janete recorreram ao STF, que em sessão conturbada, que terminou empatada, foi decidida pelo voto do presidente da Corte, que optou por confirmar a sentença do TSE, desprezando o princípio pró-réu.

Mais da metade dos senadores reagiu no plenário do Senado contra a decisão do STF, por achá-la esdrúxula.Mesmo assim, as duas Mesas Diretoras do Congresso Nacional cumpriram a decisão.

Agora, seis anos depois, por conta da Lei Ficha Limpa, novamente o TSE reforma uma decisão do TRE do Amapá que deferiu o registro de Janete e João.

Janete, que em 2006 havia sido eleita novamente deputada federal com a maior votação proporcional do país, foi reeleita, mantendo o título de a deputada mais votada do país.

João Capiberibe foi eleito senador derrotando novamente o senador que se beneficiou de sua cassação em 2004.

Em meio a esse imbróglio de um raio cair de novo nas mesmas cabeças, surgiu um fato novo.

O operador da farsa montada para cassar João e Janete, que desde 2008 já havia confessado o crime, decide reiterar a confissão pouco antes da eleição desse ano ao MPE.

Sentindo o cheiro de queimado na história que começou em 2002, os repórteres Lucas Ferraz e Rubens Valente, da Folha de S.Paulo remontaram passo a passo o caso a fim de dissipar as nuvens negras que pairam sobre o mesmo.

É tudo tão estranho, que o operador da farsa foi esfaqueado, no fim do ano passado, no município de Laranjal do Jarí, o que pode ser um assalto, mas também pode ser um crime de mando.

In loco, a repórter Kátia Brasil, da Folha de S.Paulo, seguiu pistas para localizar e ouvir as misteriosas testemunhas que incriminaram o casal Capiberibe, através de uma declaração em cartório com o mesmo teor e apenas a troca dos nomes das acusadoras.

Kátia conseguiu localizar as duas testemunhas e desmontou de vez a farsa.

Pois foi baseado nesta farsa, que o TSE negou os registros das candidaturas de Janete e João Capiberibe e os considerou inelegíveis.

Vale lembrar, que a sentença de cassação dos mandatos de João e Janete em 2004 não incluiu a inelegibilidade, tanto que Janete se reelegeu deputada federal em 2006, sendo a mais votada proporcionalmente no país, e João, neste mesmo ano, disputou a eleição para o Governo do Amapá.

A pergunta que não quer calar, é como pode ser inelegível em 2010, quem foi cassado em 2004 e disputou o pleito de 2006?

É por isso que pedimos a sua adesão ao abaixo assinado on-line que será enviado para as presidências da República, do Supremo Tribunal Federal, do Senado e da Câmara dos Deputados, reafirmando a decisão soberana dos eleitores do Amapá, que elegeram Janete Capiberibe, deputada federal pela terceira vez e João Capiberibe, senador pela segunda vez.

Acesse o link abaixo para assinar.

http://www.justicaparaoscapiberibes.com.br/index.php

Texto: Sizan Luis Esberci

  • Essa patifaria que estão fazendo com o Capi e Janete vai entrar pros Anais da História do Amapá. Mas a história reserva o devido lugar para quem fez por onde. O outro Senador (que foi eleito pelo TSE) vai entrar pela página de trás.

  • Desculpem fugir do assunto, mas alguém sabe alguma coisa sobre a soltura ou não do Prefeito(?!) RG. Não vi nada na imprensa hj. Obrigado.

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk diz logo o que vc vai ganhar alcilene pq vc e so chororo justiça determinou tem que acatar…….kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Deus me livre desse casal voltar ao cenário político, a justiça é clara e a grande maioria do povo não que ver Capi senador, é só somar a quantidade de votos do Randolfe, Gilvan e Waldez…Viva a Harmonia!!!!

  • O TSE nunca foi Tribunal.Ele se reune apenas para as eleições,significa dizer que nem todos os ministros estão preparados para missão.Porque eles não julgam os Processos do Prefeito Cassado 6 vezes e Preso Roberto Góes ?

    • Vc tá certíssimo.Tribunal de “faz de conta”,pior que é válidado neste Brasil.Temos que fazer um abaixo assinado é p/derrubar esses tribunais,isto sim.

  • Será que voces querem nos convencer a todos de que o TRE está errado, o TSE está errado e os santinhos foram injustiçados sem cometer nenhum erro, prefiro acreditar no coelhinho da pascoa

  • O mais absurdo e ter de fazer um abaixo assinado, depois de um Tribunal Eleitoral tem dados Oficiais que comprovam o desejo soberano do eleitor. Brasil e o sistema mais avançado tecnologicamente nos processos eleitorais.Pra nada?! Se a segurança do desejo do eleitor e desrespeitada. Voltemos ao papel!rs…

    Já confirmei minha assinatura no abaixo assinado, tem de reforçar minha “tal soberana vontade”, que palhaçada a democracia brasileira.

    • Nossos juristas não se entendem e alguns ministros não conseguem largar o “picadeiro”.Dei meu voto online(faria mil vxs se preciso),mas tb acho absurdo que nossos votos sejam desrespeitado,jogam no lixo a “democracia” do País.Para que votar?

  • ROBERTO CASSADO 6 VEZES. JULGAMENTO? CELERIDADE? RESPOSTA: LIMINARES!

    A perseguição contra a Família Capiberibe é bem maior do que a deles contra os inimigos, o povo tem tanto medo deles, mas quem persegue?! A Justiça, acordou do sono profundo de 8 anos, estranhamente resolvem notificar o Governo com agilidade que nunca tinha visto tanta celeridade.Se é em Brasília tiram os Capis do poder conquistado com o voto, baseados em um argumento com fenda de entendimento e abismos de fatos misteriosos. Quem persegue? Se é a questão CEA prazo de 15 dias pra saldar um débito de 1.4 bi acumulado e se arrastando por 8 anos da gestão anterior, renegociado várias vezes, o Camilo tem de pagar em 15 dias. PQP!!! O povo é cego? Não tô falando que ninguém é santo, mas acordem, tão querendo ferrar mesmo os Capiberibes.

      • Tem gente que é acostumado a acusar os outros de participarem da “mamata do WG” ou ser “da harmonia” qndo só querem expressar sua opinião. O q me leva a crer q o fato de vc defender tão ferozmente os Fichas-sujas Capi e Janete seja pq vc mamou nas tetas do Capi. Quem sabe deve ter feito parte do seu governo e anseia por voltar agora, hein?
        Te toca garota, deixa os outros expressarem sua opinião, pára de pré-julgar os outros…
        Quer assinar o manifesto? Então assina, mas respeita a opinião dos outros!!!

      • É, tds tem o direito de gastar tinta de suas canetas à toa. O Supremo não tá nem aí pra opinião pública, essa é a verdade!!!
        Outra coisa, a lei é pra tds, se são fichas-sujas, tem q responder como tal, sem “chora minha nega”!!!
        Tem gente que acredita piamente na teoria da conspiração do Gilvan, o q é um absurdo!!! Achar q ele é tão influente assim, pra manipular tdas as instâncias do judiciário… Pelo amor de Deus!!!

  • O senador Capi é capaz de fazer muito mais que algo como a Lei da Transparência. É aí que está o xis da questão. Há quem tema este tipo de político no Congresso Nacional. Pelos motivos que todos sabem.

  • O mais interessante deste Blog é poder discutir as questões propostas sem medo de retalhamento, porém as opiniões adversas não estão sendo respeitadas. Sinceramente, se a justiça provou que existiu algo de errado, que seja feita justiça, independente de ter feito menos ou mais que o outro. Sou contra o Capi, sou contra o Waldez, não faço parte de harmônia nem de nada, minha opinião como cidadão amapaense é esta.

  • Pena que a polícia federal não era tão diligente quanto é hoje em dia, senão este pessoal tava era impetrando habeas corpus.
    Já concorreram com sub júdice. Tão com esse velho chororô porque?

  • Essa história de deputada mais votada do país não é muito exagero!!! Agora em relação a cassação tá mais pra perseguição!!! quem vai querer um politico transparente?

    • plo visto meu companheiro, vc é a favor dessa bandidagel e corrupção q deixou nosso estado na merda durante esses 8 últimos anos.
      fuiiiiiiiiiii!

  • Prefiro mil vezes anular meu voto, do que desperdiçar votando em pessoas corruptas comprovadas na justiça… repudio mil e uma vezes esse abaixo assinado, e ainda mais…faço questao de fazer campanha contra pra todas as pessoas que eu conheço, o fato deles terem uma votaçao numerosa, nao muda o fato que eles sim amealharam dinheiro publico, nao muda o fato que eles perseguiram muitas pessoas na sua gestao, 100.000 votos nunca ira se sobrepor a 1.5 milhoes, o ato de cassar os capiberibes nao foi um uma decisao politica, foi uma decisao do povo brasileiro.e eu fui um dos que assinaram esse abaixo assinado dos fichas limpas, enquanto existir justiça nesse pais, ela deve ser cumprida. o seu maluf e tambem um notorio assaltante dos cofres publicos, e mesmo assim foi eleito com uma expressiva votaçao, isso o inocenta de todos os seus crimes??? e ah! a “harmonia” PT/PSB esta chegando ao fim..vamos ver o que vai dar o final desse dramalhao mexicano.

    • oq dá para entender pelo deu comentário é q vc foi uns colaboradores de estado está na pior fase de sua história, onde o nome do Amapá foi jogado na lama de tanta corrupção de dinheiro jogado fora e desviado para aqeles q estavam no comando sem ter pena de crianças morrendo nos hospitais e tantas familias vivendo em estado de pura miséria.
      nao tenta jogar a culpa pela total incompetencia dos verdadeiros destruídores do esta do Amapá.
      fuiiiiiiiiiiiiii!

  • SE É PARA O BEM DE TODO O AMAPÁ, O CASAL CAPIBERIBE DEVE FICAR, POIS DE FATO ELES FORAM OS MAIS VOTADOS DE ACORDO COM A SOBERANIA POPULAL.
    QUE SE SEJA CUMPRIDA O QUE DETERMINA A CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL : QUE PREVALEÇA A SOBERANIA POPULAR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *