Amigos do Bioparque querem a manutenção da escultura da “Preguiça”

A escultura da preguiça esculpida em madeira de 6 metros de altura que fica em frente ao Bioparque da Amazônia, mesmo se tornando símbolo do parque, pode ser retirada do local. A prefeitura de Macapá alega apodrecimento do material utilizado para a confecção da obra e, com isso, risco à segurança.


De acordo com a notificação apresentada pelo Corpo de Bombeiros do Amapá, a madeira utilizada está podre por dentro em virtude do avanço do tempo.

No entanto, após o anúncio pelas redes sociais de que a preguiça seria retirada, começou uma movimentação para salvar a escultura e já se criou o movimento “Amigos do Bioparque”, que tem como objetivo resguardar todo espaço que foi devolvido à população após 20 anos fechado, na gestão do ex-prefeito de Macapá, Clécio Luís.

Em reunião nesta quinta-feira, 28, entre Corpo De Bombeiros, Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Diretor da Fundação Bioparque e o movimento Amigos do Bioparque, foi dito que será feita uma análise mais profunda e minuciosa sobre a preguiça. Pode ser que ela permaneça se receber alguns ajustes, reparos e manutenções necessárias.

O escultor Reges Silva, que trabalha há 20 anos com arte em madeira e tem peças vendidas em vários lugares do mundo, falou com a jornalista Lilian Monteiro, do blog. Segundo ele a escultura da preguiça pode sim ser recuperada. “No caso, trabalhar parte do tronco para que não pegue mais água e na parte de cima diminuir o peso do braço. Pode- se colocar pino e passar resina de qualidade, usar verniz  para que água não penetre. Chance de mais 90% para recuperá-la”, explicou.

  • É importante que a nova gestão do Bioparque leve ao novo prefeito outros problemas existentes ali.

    O problema não está só na escultura apodrecida na entrada do Parque!

    O Bioparque está cheio de funcionários improvisados, inclusive o próprio artesão que trabalha lá e deu seu depoimento é contratado como vertedor! Mesmo abrigando vários animais, o parque não dispõe em sua estrutura de veterinário! É isso mesmo, desde a sua inauguração o parque não tem veterinário!

    Os ex-gestores precisam explicar isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *