Amapá recebe remessa de EPIs e insumos do Ministério da Saúde. Quantitativo veio bem menor que o prometido

A segunda remessa de equipamentos de proteção individual (EPIs) e insumos do Ministério da Saúde foi entregue ao Amapá na segunda-feira, 30. O material é destinado aos profissionais da área que atuam diretamente no enfrentamento ao Covid-19.

Com quantidade fracionada, o estoque recebido é abaixo do que foi acordado junto ao Governo Federal, o que tem dificultado o planejamento da frente de trabalho organizada para o enfretamento da doença.

Veja abaixo os materiais entregues e a quantidade acordada

 

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, João Bittencourt, a quantidade que foi estabelecida pelo MS ainda era insuficiente para a demanda e o envio incompleto dificulta ainda mais o planejamento.

“A entrega fracionada ocorre em todos os estados. É ruim porque o quantitativo dessa distribuição é insuficiente para a grande demanda e dificulta as frentes de trabalho planejadas neste momento de enfrentamento ao coronavírus”, disse.

Ainda segundo o secretário, a necessidade precisa ser atendida pelo MS, pois há uma grande demanda e os estados do Norte, como o Amapá, estão sendo afetados por dificuldades de acesso para aquisição.

Com exceção do avental e óculos de proteção, todos os restantes de EPIs e insumos foram entregues com menos da metade do que foi acordado entre Estado e Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *