• Não adianta querer calar o Zé! Ele escreve e faz hinos. Apesar de todas as limações e dificuldades (fiquei sabendo que foi obrigado a montar um estúdio em sua casa para gravar seus trabalhos), continua celebrando o que de melhor há na musica amazônica. Não adianta querer calar o Zé! Se duvidar, daqui a pouco está prensando os seus cd’s em sua propria casa (rs). Valeu Zé. Obrigado por mais um trabalho seu.Estarei lá!

  • O Zé Miguel representa a alma da música amapaense. É uma grande figura humana e tem uma coisa sine qua non: talento. Merece todas as homenagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *