Absurdo! Que os responsáveis sejam punidos.

A Prefeitura de Macapá inicia nesta sexta-feira, 5, a ação de retirada dos medicamentos vencidos e com avarias, deixados pela gestão passada.

Quase uma tonelada de medicamentos que deveriam ter sido distribuídos para os usuários da rede municipal de saúde serão incinerados. Além dos remédios vencidos, estão os avariados por estarem mal armazenados.

Dentre os remédios inapropriados para o consumo estão antibióticos, analgésicos, corticóides e hipertensivos que poderiam ter sido consumidos para sanar problemas de saúde dos usuários que buscam atendimento nas unidades de saúde de Macapá. O prejuízo contabilizado soma cerca de R$ 300 mil.

 

 

 

Janine Cruz – Asscom Semsa

  • Alerta, os medicamentos devem ser incinerados e não queimados, não há no estado incinerados adequados para a destruição desses fármacos, assim sendo, por que a pressa em queima-los, aguardem até que alguma empresa esteja licenciada ou envie a outro estado, o que gerará custos, esses medicamentos já vencidos por ficar estocados por anos, por que a tanta velocidade em destruir e de forma incorreta esses remédios?

  • Como diz meu ancora favorito Boris Casoy”Isto é uma vergonha”. Mas vamos a seriedade, como fica este prejuizo para nós os contribuintes íntegros e pagadores dos seus impostos e tributos. Como fica a população carente, sabe lá quantos não faleceram necessitando destes medicamentos. Mas é isto aí, que em 2014 saibamos votar com consciencia naquele que menos prometa e no mandato nós surpreenda como excelente gestor da coisa pública.

    Abraços de um eleitor decepcionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *