10 respiradores hospitalares são entregues pelo SENAI Amapá ao Governo do Estado  

Neste sábado, 18, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá entregou ao Governo do Estado, 10 ventiladores pulmonares consertados. Os equipamentos, que pertencem aos hospitais locais, estavam no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) do SENAI de Minas Gerais recebendo manutenção. Os respiradores voltaram a Macapá e já estão à disposição do sistema de saúde para dar apoio na luta contra o Coronavírus.

Para garantir o transporte dos aparelhos, uma operação foi organizada pelo SENAI, em parceria com o Ministério da Defesa. O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou no Aeroporto Internacional de Macapá – Alberto Alcolumbre por volta das 15h, trazendo, além dos ventiladores, mais de 2 mil protetores faciais tipo face shield – doados pelo SENAI/CE e SENAI CIMATEC/BA –, mil máscaras de proteção semifaciais e cem aventais fabricados em TNT – doados pelo SENAI/CE – e cinco impressoras 3D adquiridas pelo SENAI Amapá.

Os materiais recebidos graças à Rede SENAI que está dando apoio às frentes de trabalho em todo o Brasil serão disponibilizados pelo SENAI Amapá aos profissionais que estão na linha de frente do atendimento à população no combate à Covid-19.

“O SENAI Amapá tem buscado diferentes formas de contribuir com a sociedade neste momento de enfrentamento ao coronavírus, por meio da disponibilização de sua infraestrutura e conhecimento técnico. Em relação à recuperação dos respiradores não foi diferente. Quando entramos em contato com a Secretaria de Saúde do Estado e soubemos que havia 13 aparelhos que precisavam voltar ao funcionamento, articulamos o transporte e o conserto, e para isso, o apoio do Ministério da Defesa e do SENAI de Minas Gerais foi fundamental”, destacou a diretora de Operações do SENAI Amapá, Alyne Vieira.

O tenente-coronel Fábio Linhares, comandante do 34º Batalhão de Infantaria de Selva no Amapá, comentou a importância de dar apoio às instituições que estão trabalhando no combate ao vírus. “O grande protagonista desta ação é o SENAI, que vem realizando um trabalho fundamental. O Exército se colocou à disposição para apoiar a logística de transporte, pois entende que essa parceria é essencial para combater o avanço da pandemia”, declarou.

O governador do Amapá, Waldez Góes, destacou que a atuação do SENAI é muito importante para amenizar os impactos da pandemia. “Foi realmente uma missão que retrata a importância do gesto humanitário desse enfrentamento à Covid-19, que o mundo tem sido desafiado e que no Brasil não é diferente, nem no Amapá. Então eu quero agradecer profundamente, em primeiro lugar pela disponibilidade e em segundo, à capacidade de resposta do SENAI, porque em pouco tempo, seus técnicos conseguiram dar restabelecimento ao uso de 10 respiradores. Esses equipamentos irão ajudar de forma significativa a estruturação de nossos postos de atendimento à população”, completou.

Como continuidade da operação, o SENAI Amapá enviou mais quatro respiradores pertencentes aos hospitais do estado para receberem manutenção no CIT do SENAI de Minas Gerais. Os aparelhos vão se juntar a mais três que ainda estão no Centro de Inovação, por exigirem reparos técnicos específicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *