Zankerada: o novo ritmo regional inova o repertório dos amapaenses

Começa a fazer parte do repertório musical dos amapaenses um novo ritmo musical criado pelo artista Finéias Nelluty, a Zankerada. Mistura de sons do Amapá, Pará, Guianas e Caribe, o swing é resultado de estudo, pesquisa e experimentos de Finéias, que iniciou há dois anos e agora está pronto para ser lançado. “Foi um laboratório intenso onde usei minha experiência musical e que resultou em uma nova sonoridade autêntica do Amapá. O som é contagiante”, diz o artista.

A Zankerada é um marco na carreira de Finéias porque mescla elementos que ele já trabalhou e tocou, sua vivência no meio musical, os caminhos percorridos, com um novo momento em sua trajetória, onde o estudo e pesquisa ganham força. “Criar um ritmo novo não é fácil, corremos o risco de ser repetitivo ou de querer inventar o que já existe. Por isso, além do meu histórico, fui estudar a célula de cada música e ritmo e resolvi investir nesse potencial, reunir sons e extrair esse novo produto que vai encantar porque tem tudo a ver com o Amapá e com o país”, define Finéias.

Criador de personagens caricatas como a Jéssica Candomblé, a Bicha do Brega, Finéias é amapaense e a musicalidade sempre foi rotina em sua vida. Filho do renomado professor de música Francisco Fernandes,mais conhecido como Tiago, de quem herdou o talento, Finéias estreou em igrejas e, aos 15 anos, já tocava guitarra profissionalmente animando festas juvenis. Dois anos depois, estreou na Guiana Francesa com a banda New Star que fez sucesso até no Caribe. No ano 1990 voltou ao Brasil onde tocou em diversas bandas do Amapá, Pará e Ceará.

Mais uma vez mostrando sua versatilidade e ousadia,em 2007 Finéias inovou na noite macapaense com o Quinteto Amazon Music, que colocou a música instrumental na pauta dos melhores bares e casas de show, com elogiado e prestigiado repertório. É também o idealizador e produtor do Festival de Música Instrumental do Amapá (Feminsap), que este ano vai para a quinta edição. A maneira como Finéias brinca com o talento e passeia com competência por diversos estilos, foi o aval para que apostasse agora na Zankerada.

“Minha raiz musical mescla estilos. Eu canto, me transformo em personagens, brinco no palco e toco instrumentos como violão e bateria, mas onde me solto sem medo, é com a guitarra, porque com ela viajo em qualquer ritmo, do rock ao forró, cassicó, zouk, salsa, regional, clássicos até a nortista guitarrada”, explica. “Já absorvemos muito a cultura alheia, o que foi muito importante para chegarmos a esse momento musical atual, muito rico, descobrindo talentos e identificando nossa identidade sonora”, analisa Finéias.

Na próxima terça-feira, 28, artistas, produtores, musicais, jornalistas e outros convidados, estarão no coquetel de lançamento do CD e do clip da música carro-chefe, “Nosso Amor Paidégua”. Ela faz parte do repertório do CD Zankerada, que terá ainda um show de lançamento em Macapá, antes de ser divulgado em outros municípios e estados. O local da estreia desse novo ritmo, é o Auditório do Centro Fraco Amapaense, às 19:30.

Mariléia Maciel

Finéas-CIMG1252

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *