Embaixador da Venezuela, Maximilien Arvelaiz, passou o final de semana no Amapá, em visita diplomática, com objetivo de estreitar contatos para relações comerciais e intercâmbio de programas.

A possibilidade de relação comercial com a Venezuela animou principalmente pecuaristas de bubalinocultura.  A Venezuela compra búfalos de estados amazônicos, e segundo o presidente da Federação da Agricultura Iraçu Colares, o rebanho de búfalos do Amapá é de melhor qualidade.

No sábado, o embaixador foi recebido pelo senador Randolfe Rodrigues, que fez o convite para a visita, e pelo vereador Clécio Luis. Fez coletiva com a imprensa, reuniu com empresários e conheceu a cultura e a gastronomia local.

No domingo, o embaixador Maximilien Arvelaiz teve encontro com o governador Camilo Capiberibe, que tratou da possibilidade do Amapá importar insumos para produção de asfalto, barateando o produto. AcVenezuela é rica em petróleo. Trataram também da possibilidade daquele país trazer para o Amapá o projeto “Milagro”, de erradicação da Catarata, doença já erradicada naquele país.

Até junho uma missão técnica da Venezuela deve vir ao Amapá e uma comitiva do Amapá irá a Caracas, incluindo o governador Camilo e o senador Randolfe.