O Governo do Estado, através da Secretária de Estado da Educação (Seed) não paga o salário dos servidores do Contrato Administrativo a três meses. A situação desses profissionais e pais de famílias foi motivo de uma denuncia essa semana no plenário da Assembléia Legislativa, pelo deputado Ruy Smith (PSB).

De acordo com o parlamentar a maioria desses profissionais trabalha no interior, onde precisa se manter e muitos deles ainda tiveram que comprar móveis e eletrodomésticos para  ter condições de residir fora de Macapá e agora encontram-se endividados e passando dificuldades. Entre eles existem também professores que vieram de outros estados para trabalhar no Amapá e agora passam por esse problema. Alguns inclusive já pensam em parar. Smith pediu providencias urgente por parte do governo no sentido de resolver a situação.

Além dos professores o governo também não vem pagando há seis meses os caçambeiros que prestam serviço a Secretaria de Estado do Transporte (Setap). Essa semana os trabalhadores voltaram a paralisar como forma de pressionar o governo a efetuar o pagamento. Em março passado eles já haviam paralisado pelo mesmo motivo.