Visando o ordenamento da capital com prioridade para a mobilidade urbana, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) faz ação de fiscalização nas praças de Macapá que estão sendo utilizadas indevidamente para aulas práticas de autoescolas. As empresas devem ter locais privados para as aulas, o que não acontece em Macapá. Elas acabam tomando conta de vagas de estacionamento, espaços de praças e calçadas para fazer as atividades.

 

“As autoescolas usam a ocupação do solo de forma irregular. Por isso, estão sendo notificadas e terão que retirar imediatamente os materiais deixados nas praças e calçadas”, alerta a titular da Semduh, Telma Miranda. Nesta semana, estão sendo fiscalizadas as praças Chico Noé e Poeirão, e nas proximidades da Colônia dos Pescadores. Devido a várias reclamações da população, a ação será mais intensa e constante. Nos últimos três dias, quatro autoescolas foram notificadas e tiveram que retirar os materiais utilizados para as aulas.

 

Patricia Leal

Assessora de comunicação/Semduh