Prefeitura de Macapá notifica autoescolas por uso indevido do espaço público

Visando o ordenamento da capital com prioridade para a mobilidade urbana, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) faz ação de fiscalização nas praças de Macapá que estão sendo utilizadas indevidamente para aulas práticas de autoescolas. As empresas devem ter locais privados para as aulas, o que não acontece em Macapá. Elas acabam tomando conta de vagas de estacionamento, espaços de praças e calçadas para fazer as atividades.

 

“As autoescolas usam a ocupação do solo de forma irregular. Por isso, estão sendo notificadas e terão que retirar imediatamente os materiais deixados nas praças e calçadas”, alerta a titular da Semduh, Telma Miranda. Nesta semana, estão sendo fiscalizadas as praças Chico Noé e Poeirão, e nas proximidades da Colônia dos Pescadores. Devido a várias reclamações da população, a ação será mais intensa e constante. Nos últimos três dias, quatro autoescolas foram notificadas e tiveram que retirar os materiais utilizados para as aulas.

 

Patricia Leal

Assessora de comunicação/Semduh

  • Na Av. Antônio Gonçalves Tocantins, no bairro do trem, uma autoescola(CFC) “tomou conta” da via, instalando “carcaças” de carro no passeio público para aulas de baliza. Já tiveram acidentes no local envolvendo veículos da autoescola com outros veículos e batidas no muro do Grupo Escoteiro do Mar Marcílio Dias e todos os dias os moradores do local “torcem”, “rezam”, para que algo mais grave não aconteça”!. É bom mesmo os Órgãos responsáveis tomarem as medidas cabíveis para que mais tarde não sejam responsabilizados, evitando com isso uma “tragédia anunciada”, pois é comum ver aprendizes circulando na via sozinhos no carro enquanto os instrutores ficam ao lado das “carcaças”, muitas vezes distraídos no celular! Um verdadeiro absurdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *